Projeto #BibliotecaIndica: uma cidade maravilhosa, cheia de encantos mil!

Publicado em

Design sem nome (31)

Oi, pessoal! Seu sapinho preferido na área!

Hoje eu fiquei pensando sobre como é bonita a cidade em que nós vivemos e onde fica nossa escola. Será que ela sempre foi encantadora assim, com as pessoas mais lindas do mundo? Fiquei muito curioso, pesquisei e vim contar a vocês o que eu aprendi sobre a cidade do Rio de Janeiro!

Design sem nome (26)

Conhecer o Rio me deu uma vontade de sair pulando pela cidade inteira. A Paula e o Daniel do canal Num Pulo também adoram pular por aí e me deram várias dicas.

Anotei todas as dicas para visitar esses lugares lindos assim que isso tudo passar. Por enquanto estou seguindo todas as orientações que aprendemos no post sobre o Dia Mundial da Saúde que eu fiz pra vocês aqui no #BibliotecaIndica.

Gui e Estopa são dois colegas meus que também visitaram lugares bem bonitos aqui no Rio de Janeiro. Tem pulo de asa delta, tem imagem de algumas praias antes de ficarmos em casa e tem tanto samba que o pé até dói!

Vocês sabiam que nossa cidade foi fundada há muitos anos? Isso faz tanto tempo, mas tanto tempo, que nenhum de nós éramos nascidos e não tinha ninguém lá com o celular para tirar uma selfie e postar nas redes sociais!

O Rio de Janeiro foi mencionado oficialmente pela primeira vez em 1502, por um explorador chamado Gaspar Lemos. Acho que ele ficou tão surpreso com tamanha beleza que se atrapalhou todo na hora de contar para as pessoas daquela época o que ele havia descoberto. Vocês acreditam que a área onde fica nossa cidade tem esse nome porque ele confundiu o que hoje é a Baía de Guanabara com a foz de um rio?

Mas esse pessoal não se animou em viver nessa região logo de cara, não… Foi só em 1530 que os portugueses começaram a circular com mais frequência por aqui, usando essas terras como uma parada antes de saírem em suas aventuras marítimas. Os franceses, espertos que só, também estavam por aqui e queriam ser os donos do pedaço. A TV Brasil contou nessa reportagem um pouco sobre a briga entre portugueses e franceses pra ver quem ficava com a cidade. Ah, e no meio desse povo todo também havia a população indígena, que estava aqui desde que isso tudo era mato. E ainda teve uma família que foi muito importante nessa treta toda. Quem será que venceu essa batalha?

Quando a cidade foi fundada, deram a ela o nome de São Sebastião do Rio de Janeiro. Como o porto aqui era muito importante, principalmente pela sua proximidade com Minas Gerais e sua produção de ouro, a capital que ficava em Salvador foi transferida para cá.

Outro acontecimento muito importante para que o Rio de Janeiro se transformasse nessa cidade como a conhecemos foi a vinda da família real portuguesa para cá, em 1808. Para conhecer melhor essa parte da nossa história, vamos acompanhar esses quatro amigos que receberam uma importante missão e visitaram a Biblioteca Nacional para cumpri-la.

Quem nasce na cidade do Rio de Janeiro é chamado de carioca, que é uma palavra de origem indígena, da língua tupi, e significa casa de branco. kari´oka é a junção de kara´i, que significa branco, e oka, que quer dizer casa. Ah, só pra vocês saberem: quem nasce no Estado do Rio de Janeiro é chamado de fluminense. Mas isso é papo pra outra hora.

Eu também sei que a cidade do Rio de Janeiro tem uma população de mais de 6 milhões de pessoas, entre cariocas, fluminenses e gente de todo canto do Brasil e do mundo. Isso e muito mais eu aprendi lá na página do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que possui informações sobre todas as cidades do estado do Rio de Janeiro e do Brasil.

A equipe do IBGE também fez um vídeo explicando como surgiram os nomes de lugares famosos da nossa cidade, como Pão de Açúcar, Urca e Praia Vermelha. Eu entendi até o que são nomes geográficos!

Aqui no Rio de Janeiro nós temos muitas favelas, em diversas regiões da cidade. Ano passado nós conhecemos o Otávio Junior, um autor que mora em uma favela do Rio, no #BibliotecaIndica sobre o Dia da Consciência Negra. No canal RioOnWatchTV, o pessoal criou uma animação que conta sobre o surgimento das favelas e um pouco da vida de quem mora nessas áreas.

O Rio de Janeiro também recebe muitos turistas. A Clarinha veio passear por aqui com seus amigos e fez até uma música! Olhem que legal, não consigo parar de ouvir!

Me contem: qual lugar da cidade vocês já visitaram e qual curiosidade sobre o Rio de Janeiro vocês mais gostaram de conhecer?

Vocês podem me falar aqui nos comentários ou enviar uma mensagem para o nosso e-mail: casadashistorias@cp2.g12.br.

 

Um grande abraço do seu amigo,

Papa Livros Flicts de Sousa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Tema desenvolvido pela Comunicação Social do Colégio Pedro II para WordPress