Disciplinas – Curso Técnico

Especificidade das Disciplinas que compõem o Currículo Profissionalizante do Ensino Médio Integrado – Técnico em Instrumento Musical

Percepção Musical

Ementa:

Estudo da teoria musical através do treinamento auditivo, utilizando a escrita, leitura, solfejo e ditado, visando o entendimento dos conceitos básicos para o desenvolvimento da percepção musical. Aquisição de conhecimentos teóricos e práticos essenciais à compreensão dos fundamentos da música.


Harmonia de Teclado

Ementa:

Aprendizagem dos conceitos básicos da harmonia funcional utilizando o teclado como instrumento condutor para esse processo. Os conteúdos se desenvolvem em espiral, por isso, o aprofundamento na aplicação prática de acordes (tríades, tétrades, etc.), no conhecimento da cifragem alfabética, no domínio da prática e reconhecimento dos encadeamentos assim como na capacidade de harmonizar acontece no decorrer das três séries do curso.


Prática Coral

Ementa:

Percepção da voz individual e construção da prática vocal coletiva. Desenvolvimento de técnicas de condução de ensaios de naipe e ensaios gerais. Conhecimento do aparelho de produção vocal e seu funcionamento. Estudo do repertório geral para coro e grupos vocais.  Estilos e gêneros no repertório coral brasileiro. Noções de regência coral e de técnica vocal. Utilização de técnicas de relaxamento.  Criação de arranjos desde a 1ª série do curso. Tipos e usos de microfones.


Música/Sociedade e Cultura

Ementa:

Reflexão e discussão das produções musicais enquanto expressões de contextos sociais, culturais e históricos, tendo como referência estudos de musicologia, etnomusicologia e história da música. A história da música ocidental é apresentada de forma cronológica, valorizando o estudo da música brasileira e as diversas influências que a constituem.


Prática de Conjunto

Ementa:

Criação de arranjos; execução de repertório nacional ou estrangeiro de música popular, folclórica ou erudita através da formação de conjuntos instrumentais e/ou vocais com formações diversas. Uma das propostas dessa disciplina é interligar os conteúdos e conhecimentos desenvolvidos nas demais disciplinas do curso tendo como base a prática musical em grupo.


Práticas  Instrumentais(violão, flauta transversal e piano)

Piano

Ementa:

A disciplina visa o aperfeiçoamento da técnica instrumental e da capacidade de expressão musical do aluno, com aula semanal individual e orientações específicas individuais quanto à rotina diária de estudo, orientações técnicas e sensibilizações artísticas relativas ao instrumento. Durante os trimestres serão definidas as escolhas de repertório mais adequadas para cada aluno, observando: Conhecimento do Instrumento Piano e suas técnicas de interpretação conforme variadas metodologias de ensino pianístico; Atuação solo ou em grupo, tanto no campo da música popular, como no da música erudita, com montagem de repertório. O trabalho específico do Piano inclui o acompanhamento instrumental e para a preparação do pianista para a continuidade de seus estudos nos Testes de habilidades Específicas solicitados nas Faculdades de Música.


Flauta transversal

Ementa:

A presente disciplina proporcionará ao aluno o conhecimento do repertório básico erudito e popular de flauta transversal, o aperfeiçoamento técnico-instrumental, aprimoramento da performance musical diante de grandes e pequenas plateias. As aulas serão individuais uma vez por semana. Para cada aluno será definido o repertório mais adequado, respeitando seu nível técnico.


Violão

Ementa:

Os eixos principais da disciplina Violão são: harmonia funcional; técnicas de execução instrumental; repertório popular e erudito; habilidade de transpor músicas auditivamente; noções de improvisação e composição no instrumento; elaboração de arranjos simples e pesquisa e apreciação. O plano de curso busca interseções com a disciplina Música/ Sociedade e Cultura.  Os níveis de conhecimento e aptidões são muitas vezes distintos entre os alunos da mesma turma, bem como seu desenvolvimento durante o curso. Sendo as aulas individuais, o planejamento deve ser readaptado conforme as necessidades específicas do aluno.