Projeto #BibliotecaIndica: instrumentos de escrita

Publicado em

biblioteca_indica

Esta semana vamos conhecer um pouco mais sobre os instrumentos de escrita.

Você já observou que, para fazermos qualquer registro escrito (ou desenhado), nós precisamos de um suporte e um instrumento de escrita?

O suporte pode ser o papel, a lousa, a argila. E o instrumento de escrita é justamente aquilo que usamos para produzir marcas nesse suporte: lápis, canetas, giz, cunha…

A primeira forma de escrita foi inventada pelos Sumérios, por volta de 3.200 a.C. Esse povo desenvolveu mais de 2000 símbolos, que eram registrados em baixo relevo, em placas de argila, com o auxílio de um instrumento chamado cunha, com o qual eram feitas pequenas perfurações na placa. 

Imagem 1: Cunha e placa de argila (Fonte: http://passadosetempos.blogspot.com/2012/04/suportes-e-instrumentos-da-escrita.html) Imagem 2: Placa de argila com símbolos de escrita cuneiforme. (Fonte: http://passadosetempos.blogspot.com/2012/04/suportes-e-instrumentos-da-escrita.html)
Imagem 1: Cunha e placa de argila. Imagem 2: Placa de argila com símbolos de escrita cuneiforme. (Fonte: http://passadosetempos.blogspot.com/2012/04/suportes-e-instrumentos-da-escrita.html)

O suporte da escrita cuneiforme, como era chamada, então, era a placa de argila, enquanto seu instrumento de escrita era a cunha, conforme imagens acima.

Com o tempo, pela necessidade de registros que circulassem e fossem mais facilmente decifráveis, novas tecnologias e novos instrumentos de escrita foram desenvolvidos.

Mais recentemente, com a popularização de suportes como o papel, passaram a ser utilizados instrumentos de escrita com tinta, como é o caso da pena e do tinteiro. 

O Colégio Pedro II ainda guarda alguns desses instrumentos em seu Museu Histórico, como registro histórico de quando o ensino e a prática de escrita e leitura dependiam deles. Esses instrumentos eram utilizados nos gabinetes de departamentos e/ou salas de aulas do Externato e Internado do Colégio do século XIX.

Para escrever, a ponta da pena precisava ser mergulhada em uma tinta, que era colocada neste pequeno recipiente de vidro.

Pena de ouro (fonte: internet)
Pena de ouro (fonte: internet)
Tinteiros (fonte: Museu Histórico do CPII)
Tinteiros (fonte: Museu Histórico do CPII)

Para evitar que a tinta passasse para as outras folhas, causando borrões indesejados, após a escrita era utilizado o “mata-borrão”, instrumento que, pressionado sobre a escrita, removia os excessos de tinta.

Mata-borrão (fonte: Museu Histórico do CPII)
Mata-borrão (fonte: Museu Histórico do CPII)

Hoje em dia, já dispomos de uma enorme variedade de instrumentos de escrita, com tipos de pontas, tinta, pigmento diferentes e que podem ser mais apropriados para um tipo ou outro de suporte específico (papel, tecido, tela), ou de atividades diferentes (escrita, desenho, pintura). Eles fazem parte de nosso dia a dia na escola, em casa, no trabalho…

(Fonte: http://passadosetempos.blogspot.com/2012/04/suportes-e-instrumentos-da-escrita.html)
(Fonte: http://passadosetempos.blogspot.com/2012/04/suportes-e-instrumentos-da-escrita.html)

Além desses instrumentos de escrita que dependem da nossa habilidade de desenhar símbolos e letras, também temos aqueles em que os caracteres ou “tipos” já vêm moldados, como é o caso da máquina de escrever. Neste instrumento de escrita, nós pressionamos teclas que acionam tipos em alto relevo sobre uma fita de tinta, que então se imprime sobre o papel. 

Máquina de escrever Remington (fonte: Museu Histórico do CPII)
Máquina de escrever Remington (fonte: Museu Histórico do CPII)

Ao ver essa máquina, aposto que você está se lembrando de uma outra, um pouco mais moderna, que você provavelmente já teve oportunidade de conhecer de perto e até de usar para escrever na hora do recreio! 

Lembra da nossa máquina de escrever da Biblioteca Galáxia Literária? Ela está ansiosa pelo nosso reencontro e para continuar ajudando a colocar no papel muitas histórias de mistério e diversão nos recreios na nossa Biblioteca!

Máquina de escrever Remington 12 (fonte: internet)
Máquina de escrever Remington 12 (fonte: internet)


Conteúdo de responsabilidade da Central de Bibliotecas.

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Tema desenvolvido pela Comunicação Social do Colégio Pedro II para WordPress