Projeto #BibliotecaIndica: evolução das bibliotecas

Publicado em

biblioteca_indica

Olá, querida comunidade escolar! Nesta última semana do mês de outubro, trouxemos para vocês algumas curiosidades sobre a evolução das bibliotecas. Da idade média até as bibliotecas que conhecemos hoje, ocorreram mudanças que vão desde o espaço de circulação das pessoas e os mobiliários até as formas de manufatura dos livros e os diferentes suportes de leitura.

As bibliotecas da Idade Média

Os livros acorrentados existiam para serem preservados! 

Na Idade Média, a preocupação das bibliotecas era com a preservação e conservação dos livros, qual a melhor maneira para manuseá-los e salvaguardá-los para o futuro. 

As bibliotecas queriam guardar e esconder os livros porque os consideravam algo sagrado, cercado de segredos e mistérios proibidos. Por esse motivo, mantinham os livros acorrentados como forma de evitar furtos e o manuseio inadequado do papel. Desse modo, as bibliotecas antigas tinham como objetivo acumular conhecimento e não eram um local que permitisse a livre circulação de pessoas. 

Nesse período histórico, os conventos administravam a maior parte das bibliotecas que estavam subordinados à Igreja Católica, principal detentora do conhecimento na época.

livros acorrentados
Livros acorrentados. Fonte: Acervo da Biblioteca de Zutphen, século XVI, Holanda. Uma das três bibliotecas com livros acorrentados que ainda existem na Europa. 

estante livros acorr

Captura de tela 2020-10-28 150146
Estantes com livros acorrentados. Fonte: Acervo da Catedral de Hereford. Disponível em: https://www.herefordcathedral.org. Acesso em: 21 out. 2020.
livro acorr 2
Livro acorrentado. Fonte: Acervo da Catedral de Hereford. Disponível em: https://www.herefordcathedral.org. Acesso em: 21 out. 2020.
caixa armaz
Caixa para armazenamento dos livros. Fonte: Acervo da Catedral de Hereford. Disponível em: https://www.herefordcathedral.org. Acesso em: 21 out. 2020.

A biblioteca “acorrentada” da Catedral de Hereford foi criada em 1611, e só em 1841 os livros, após restauração, deixaram de ser acorrentados. A coleção foi transferida para um armazém e depois para salas separadas por várias décadas.

Disponível em: http://blogblogmeu.com.br/a-biblioteca-dos-livros-acorrentados/. Acesso em: 21 out. 2020.

 

As bibliotecas que conhecemos hoje

Grande parte das bibliotecas que conhecemos hoje permite a circulação das pessoas entre as estantes, a busca do livro em um catálogo online e a retirada do livro nas prateleiras das estantes.

bib ccbb

Biblioteca do Centro Cultural do Banco do Brasil, Rio de Janeiro. Disponível em: https://www.bb.com.br/pbb/pagina-inicial/sobre-nos/cultura/ccbb#/. Acesso em: 21 out. 2020.
Biblioteca do Centro Cultural do Banco do Brasil, Rio de Janeiro. Disponível em: https://www.bb.com.br/pbb/pagina-inicial/sobre-nos/cultura/ccbb#/. Acesso em: 21 out. 2020.

 

Livros e acesso à leitura

Hoje, as mudanças nas formas de leitura são bastante visíveis. Pela facilidade proporcionada pelas tecnologias de informação e comunicação, podemos ter acesso ao livro e à leitura por meio de diferentes suportes: os livros estão disponíveis tanto nas estantes físicas quanto virtuais. Seja na comodidade de sua casa ou presencialmente na biblioteca.

bibscielo
Fonte: https://blog.scielo.org/blog/2018/08/07/a-relevancia-dos-livros-na-comunicacao-cientifica-o-caso-do-scielo-livros/

Nós, seres humanos, somos a causa principal da existência das bibliotecas.
Buscando desvendar o mundo.
Saber mais sobre nosso passado.
Desvendar fatos históricos.
Os livros nos ajudam a descobrir novos caminhos.
Precisamos zelar pelas nossas bibliotecas.
Cuidar bem dos nossos livros.
Preservar continua sendo um dos papéis principais das bibliotecas.


Conteúdo de responsabilidade da Central de Bibliotecas.

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Tema desenvolvido pela Comunicação Social do Colégio Pedro II para WordPress