Projeto #BibliotecaIndica: CPII

Publicado em

biblioteca_indica

Queridos leitores, nesta última edição do ano, o projeto #BibliotecaIndica conta um pouco da história do nosso Colégio, que no próximo dia 2 de dezembro completa 183 anos de atuação.

Breve história

O Imperial Collegio de Pedro Segundo foi criado em homenagem ao seu patrono, o imperador do Brasil, D. Pedro II. A inauguração foi no dia de seu aniversário de 12 anos, com a presença do imperador e de sua família, de todo o Ministério do regente e de outros signatários do Império.

Instalado na antiga rua Larga (atual avenida Marechal Floriano), cujas salas de aula funcionam até os nossos dias, o colégio teve como primeiro Reitor o bibliotecário Frei Antonio de Arrábida, bispo de Anemúria. 

A partir de 1857, a instituição dividiu-se em Internato e Externato, com o objetivo de melhor gerenciar a distribuição dos alunos.

image2
Campus Centro; Logomarca; Emblemas; Uniformes antigos.

Novas unidades

Nos anos 1950 foram inauguradas as Seções Norte e Sul e a Seção Tijuca, aumentando o número de vagas oferecidas, pois todos os anos havia um grande número de inscritos para o processo seletivo de estudantes.

A partir de 1981, as seções receberam a denominação de Unidade Escolar tendo, como complemento, o nome do bairro onde estavam instaladas: Centro, São Cristóvão, Engenho Novo, Humaitá e Tijuca, atendendo os atuais Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio.

A primeira Unidade Escolar a oferecer os Anos Iniciais do Ensino Fundamental foi São Cristóvão. Este segmento foi implantado nos bairros do Humaitá em 1985, Engenho Novo em 1986 e Tijuca em 1987. Essas unidades escolares passaram a ser denominadas de “Unidades I”, informalmente chamadas de “Pedrinho”, e as especializadas nos Anos Finais do Ensino Fundamental ou do Ensino Médio, de “Unidades II”.

Em 2004, o Colégio Pedro II inaugurou a Unidade Escolar Realengo. Em 2013, foi inaugurada a Unidade de Educação Infantil Realengo, dedicada exclusivamente ao atendimento de crianças entre 3 a 5 anos, que passou a ser denominada como Centro de Referência em Educação Infantil em 2016.

A ampliação em direção a outros municípios do estado, além do Rio de Janeiro, ocorreu a partir de 2006, com a inauguração da Unidade Descentralizada Niterói e, em 2007, da Unidade Descentralizada Duque de Caxias.

Campus Humaitá I: Biblioteca Galáxia Literária.
Campus Humaitá I: Biblioteca Galáxia Literária.

O Colégio hoje

Atualmente, o Colégio Pedro II constitui um complexo escolar de grande porte, composto por 14 campi e um Centro de Referência em Educação Infantil, distribuídos em seis bairros da cidade do Rio de Janeiro e nos municípios de Duque de Caxias e Niterói. O Colégio oferece Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio Regular e Integrado, Educação de Jovens e Adultos (Proeja), além de cursos técnicos subsequentes, de graduação e de pós-graduação.

Hino dos alunos do Colégio Pedro II

O hino dos alunos foi executado pela primeira vez no dia 2 de dezembro de 1937, em comemoração do centenário da instituição. A solenidade aconteceu no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, com a presença de professores e alunos do Colégio, Ministros de Estado, Prefeito do Distrito Federal, demais autoridades, convidados e o Presidente Getúlio Vargas. 

A música foi composta pelo maestro Francisco Braga, mesmo compositor do Hino à Bandeira Nacional, e a letra foi escrita por Hamilton Elia, Aluno Eminente do CPII.

Letra do Hino

Nós levamos nas mãos o futuro de uma grande e brilhante Nação.
Nosso passo constante e seguro rasga estradas de luz na amplidão.
Nós sentimos, no peito, o desejo de crescer, de lutar, de subir.
Nós trazemos no olhar o lampejo de um risonho fulgente porvir.

Vivemos para o estudo, Soldados da Ciência,
O livro é nosso escudo e arma a inteligência.
Por isso, sem temer, foi sempre o nosso lema
“Buscarmos no saber a perfeição suprema”.

Estudaram aqui brasileiros de um enorme e subido valor.
Seu exemplo segui, companheiros, não deixemos o antigo esplendor.
Alentemos, ardente, a esperança de buscar, de alcançar, de manter,
No Brasil, a maior confiança que só pode a ciência trazer.

Vivemos para o estudo, Soldados da Ciência,
O livro é nosso escudo e arma a inteligência.
Por isso, sem temer, foi sempre o nosso lema
“Buscarmos no saber a perfeição suprema”.

Para acompanhar o vídeo do Hino dos alunos do Colégio Pedro II, aperte o play:

O Hino sempre é seguido por um grito conhecido por Tabuada:

Ao Pedro II, tudo ou nada?
Tudo!
Então como é que é?
Tabuada!
Três vezes nove, vinte e sete.
Três vezes sete, vinte e um.
Menos doze ficam nove.
Menos oito fica um!
Zum! Zum! Zum!
Paratibum!
Pedro II!

Memória histórica do CPII

Nossa Biblioteca tem no acervo livros que contam a história do Colégio. Enquanto não podemos consultá-los, convidamos a comunidade escolar a conhecer a exposição virtual Exposição Memória Histórica. Confira neste link:

http://www.cp2.g12.br/images/comunicacao/memoria_historica/index.html

Professor Tito Urbano da Silveira, criador dos "Pedrinhos"; Inauguração da Unidade São Cristóvão I; Entrada do Campus Humaitá I.
Professor Tito Urbano da Silveira, criador dos “Pedrinhos”; Inauguração da Unidade São Cristóvão I; Entrada do Campus Humaitá I.

Quem ainda quer saber um pouco mais, deixamos aqui o vídeo institucional sobre o Colégio Pedro II: 

 


Referências:
Colégio Pedro II. Hino dos alunos do Colégio Pedro II. Disponível em: http://www.cp2.g12.br/cpii/hino_cp2.html. Acesso em: 20 nov. 2020.
Colégio Pedro II. Legislação e Normas. Projeto Político Pedagógico. Disponível em: http://www.cp2.g12.br/cpii/legislacao.html. Acesso em: 20 nov. 2020.
Colégio Pedro II. Memória Histórica do Colégio Pedro II. Disponível em: http://www.cp2.g12.br/images/comunicacao/memoria_historica/index.html. Acesso em: 20 nov. 2020.
WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Colégio Pedro II. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Col%C3%A9gio_Pedro_II. Acesso em: 20 nov. 2020.

À Comunidade Escolar do Colégio Pedro II,

A Central de Bibliotecas vem a público informar que esta é a última edição do ano de 2020 do Biblioteca Indica, projeto coletivo das Bibliotecas Escolares e da Biblioteca Histórica que tinha por objetivo apresentar acervos digitais durante esse período de pandemia.

Para essa tarefa, contamos com a colaboração dos bibliotecários e dos comunicólogos dos campi e da Reitoria e suas respectivas equipes de apoio.

E como grata surpresa, desde que iniciamos em maio e até o presente momento, tivemos edições feitas pelas equipes em todas as semanas, com sugestões de e-books, vídeos, entrevistas, sites e muitos outros recursos educativos e na íntegra. Também promovemos algumas edições temáticas, como o Dia da Independência do Brasil, Dia das Crianças e da Consciência Negra.

Por outro lado, a Comunidade Escolar do Colégio Pedro II acolheu o Projeto com muito carinho e vários responsáveis, alunos, professores e colegas de outros setores nos enviaram mensagens  sobre os materiais indicados. Esse retorno nos encheu de ânimo e nos deu condições de chegar ao nosso objetivo inicial e oferecer novas possibilidades de acesso ao conhecimento.

Assim, os bibliotecários, auxiliares e técnicos que compõem as bibliotecas do Colégio Pedro II agradecem a todos pelo sucesso do Biblioteca Indica, fechando esse ciclo no ano de 2020 e esperando que, no próximo ano, tenhamos condições de inovar novamente com o apoio de todos.

Sem mais a tratar, despeço-me cordialmente,

Central de Bibliotecas
e
Biblioteca Galáxia Literária

 Conteúdo de responsabilidade da Central de Bibliotecas.

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Tema desenvolvido pela Comunicação Social do Colégio Pedro II para WordPress