Alunos do Humaitá II exploram a Química sobre diferentes olhares

Publicado em

Cartela_Destaque_680

Nos dias 24, 26, 29 de outubro aconteceu a 2ª Semana de Química do Campus Humaitá: “Explorando a Química sobre diferentes Olhares”. Uma intensa programação marcou os três dias do evento, nos três turnos, propiciando em três dias de intensa programação o contato dos alunos com temas relevantes, tais como “Biocombustíveis no Brasil”, “Polímeros” e “Impressões 3D para a Química”

Para falar sobre os dois primeiros temas, foram convidadas as professoras do Instituto de Química e da Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Bluma Guenther Soares, Adriana dos Anjos Silva, Yordanka Reyes Cruz e Elaine Cristina Lopes Pereira que forneceram dados atuais das pesquisas que estão sendo desenvolvidas nessas áreas e  amostras de materiais relacionados aos temas para que os alunos pudessem manusear.

A palestra ‘Impressões 3D para a Química” foi ministrada pelo professor Ricardo Michel (IQ/UFRJ) e Thiago Nunes Palhares, ex-aluno do Humaitá II. “Nossos alunos tiveram a oportunidade de ver as representações das moléculas em terceira dimensão e manusear modelos criados através de uma impressora 3D que ficou em funcionamento, produzindo material durante toda a palestra”, ressaltou a coordenadora da Equipe de Química do campus, Polyana Wallier.

Professor Ricardo Michel (IQ/UFRJ) e Thiago Nunes Palhares, ex-aluno do Humaitá II
Professor Ricardo Michel (IQ/UFRJ) e Thiago Nunes Palhares, ex-aluno do Humaitá II

A palestra “A Química por trás dos filmes que adoramos ver”, realizada pelo professor do Humaitá II Guilherme Parreira foi um sucesso, segundo Polyana. “Ele traduziu quimicamente cenas de grandes produções cinematográficas”, explicou.

Oficinas

As oficinas foram um capítulo à parte na programação.  Em “PETNANO-Química em casa”, a professora Lívia Tenório, do Instituto Federal do Rio de Janeiro (Duque de Caxias), fez com que os alunos visitassem os ambientes de uma casa e constatassem a química presente na composição dos materiais encontrados na sala, na cozinha, no banheiro e em outros ambientes.

Em “Química em Tudo”, coordenada pelos professores Joaquim Fernando da Silva e Antônio Carlos de Oliveira Guerra  (LADQUIM-UFRJ), os estudantes observaram aparelhos  utilizados em experimentos realizados em 1869, como a ampola de Crookes, que  possibilitou a descoberta da natureza elétrica da matéria. Os professores trouxeram ainda um outro aparelho que serve para determinar a composição química encontrada nas estrelas.

Professor Joaquim Fernando da Silva  (LADQUIM-UFRJ), trouxe aparelhos utilizados em experimentos realizados em 1869, , como a ampola de Crookes
Professor Joaquim Fernando da Silva e  (LADQUIM-UFRJ), trouxe aparelhos utilizados em experimentos realizados em 1869,  como a ampola de Crookes
O professor Antônio Carlos de Oliveira Guerra  (LADQUIM-UFRJ) demonstra o uso de um dos aparelhos
O professor Antônio Carlos de Oliveira Guerra (LADQUIM-UFRJ) demonstra o uso de um dos aparelhos

Laboratório

No Laboratório de Química do Humaitá II foram montadas estações com experimentos da professora do campus Isabella Faria e do seu colega Mauro Braga, que projetou uma Tabela Periódica codificada para a leitura de um aplicativo que demostra os átomos dos elementos em 3D em movimento. Ali também aconteceram jogos químicos monitorados por alunas da 1ª série, sob a coordenação do professor do Humaitá, Marcus André Araújo.

“A Equipe de Química ficou muito feliz com a realização da 2ª Semana de Química do Campus Humaitá, uma vez que foi possível  despertar nossos alunos para a beleza e a importância da ciência através da Química, em um ambiente diferente da sala de aula”, enfatizou Polyana.

Da esquerda para direita: professores Mauro Braga, Soraya Sabah, Isabella Faria, Polyana Wallier e Guilherme Parreira
Da esquerda para direita: professores Mauro Braga, Soraya Sabah, Isabella Faria, Polyana Wallier e Guilherme Parreira

A Aluna Clara Moreira, da 1ª série, disse que gostou muita da oficina que tratou da condutividade elétrica. “Assim fica mais fácil entender a matéria dada em sala de aula”, comentou. Mariana Barbosa, também da primeira série, gostou de todas as oficinas, porque foram bem dinâmicas. ”É um modo diferente de aprender”, observou.

 Veja mais fotos do evento!

 

 

 

 

Setor de Comunicação do Campus Humaitá II

Categorizado em No Campus, Notícias, Química

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Tema desenvolvido pela Comunicação Social do Colégio Pedro II para WordPress