Livros de professores de Sociologia do CPII são adotados pela Universidade Lusófona da Guiné-Bissau

Publicado em

Alunos do sexto período do curso de Sociologia
Alunos do sexto período do curso de Sociologia

Os livros “Sociologia em Movimento” e “Sociedade em Movimento, escrito por professores de Sociologia do Colégio Pedro II, foram adotados pelo curso de Enfermagem da Universidade Lusófona da Guiné-Bissau. Os dois livros didáticos são voltados para o Ensino Médio (“Sociologia em Movimento”) e Ensino Fundamental (“Sociedade em Movimento”), publicados em 2014 e 2015, respectivamente, e se tornaram também referência na área em escolas públicas e privadas do Brasil

No país africano, as duas obras são utilizadas pela disciplina de Socioantropologia da Saúde, ministrada pelo professor de Sociologia Diamantino Lopes. Os livros foram enviados ao país por iniciativa do professor de Sociologia Rodrigo Pain, ex-aluno do Campus Humaitá II e professor contratado do CPII por ocasiões. Pain é também um dos autores do “Sociologia em Movimento” e do “Sociedade em Movimento”.

Comunidade lusófonas

“Foi com o propósito de pensar a prática de ensino de Sociologia em países lusófonos que surgiu a ideia de pesquisar e dialogar com os professores que lecionam essa disciplina em Portugal e África”, explicou Pain, ressaltando que o objetivo seria organizar um livro com as práticas exitosas nesses países.

“A partir daí resolvi fazer contatos em grupos sociais de comunidades lusófonas, sempre apresentando o projeto com a finalidade de aproximar os países em termos de produção de conhecimento”, completou Pain. O professor estabeleceu contato com docentes de Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde e Portugal.

“No caso guineense, percebi a dificuldade do ensino de Sociologia naquele país, que não tem produção de material didático, além poucos recursos para o desenvolvimento de uma educação satisfatória”, observou o professor.  “Entrei em contato com o ilustre professor de Sociologia da Universidade Lusófona da Guiné Diamantino Lopes, que sugeriu o envio de livros através do estudante universitário guineense Ndoy Luis, morador do Rio de Janeiro e que regressaria ao seu país.”

Da esquerda para direita: professores Diamantino Lopes, José Nuno Té e Rodrigo Pain.
Da esquerda para direita: professores Diamantino Lopes, José Nuno Té e Rodrigo Pain.

Assim, o material chegou às mãos do docente, que passou a trabalhar com a obra, sempre refletindo sobre a realidade da Guiné-Bissau. “A nossa preocupação era ter em mente que o livro foi pensado na realidade brasileira, e não na guineense. No entanto muitos temas, teorias, conceitos e conteúdos se aproximam efetivamente da perspectiva da Guiné-Bissau”, explicou Pain, ressaltando que era importante o professor refletir a obra com os alunos com esse olhar das múltiplas realidades locais.

PNLD

O professor de Sociologia do Humaitá II e idealizador do projeto, Lier Pires, também ressaltou o fato de a Guiné-Bissau ser carente tanto em sociólogos quanto em literatura da área. “Tenho uns contatos no país, inclusive dos poucos sociólogos que lá existem. Eles não têm produção de material e trabalham com velhas apostilas portuguesas, além de material de internet”.

Segundo Lier, que também é coordenador da área de Sociologia do Programa de Residência Docente (PRD) e professor do curso de especialização  Ciências Sociais e Educação Básica, ambos do CPII, todos os colaboradores das obras estão muito contentes com a adoção dos livros pela universidade do país africano. “Agora vamos encaminhar as obras para o Timor Leste, outro país de língua portuguesa, e, em breve, nossos livros poderão ser adotados por lá também.”

Professor Lier Pires
Professor Lier Pires

 No Brasil, as obras também encontraram muita aceitação. “Sociologia em Movimento” foi incluído em 2015 no Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) e é distribuído nas escolas públicas de todo o país. “O livro também é muito bem aceito entre as escolas privadas, liderando o mercado de livros didáticos em Sociologia desde que foi lançado em 2014”, ressaltou Lier.

“Sociedade em Movimento” tem o mérito de ter sido a primeira obra voltada para o ensino de Sociologia destinada ao segundo segmento do Ensino Fundamental, do 6º ao 9º ano. “A aceitação deste livro também é muito boa, mas é claro que em termos de vendagem ele é muito limitado, pois não existe Sociologia na grade do Fundamental 2, salvo no Colégio Pedro II e algumas poucas escolas. Ele é muito utilizado em projetos e discussões temáticas”, explicou Lier.

Livro sociedade em movimento

Veja mais… 

Professores do CPII participam de segunda edição do livro ‘Sociologia em Movimento’
Professores lançam livro didático de Ciências Sociais
Livro de Sociologia escrito por professores do Pedro II integra o PNLD 2015
Livro de professores de Sociologia do CPII tem avaliação positiva entre alunos e docentes

 

 

 

Setor de Comunicação do Campus Humaitá II

Categorizado em Notícias, Sociologia

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Tema desenvolvido pela Comunicação Social do Colégio Pedro II para WordPress