Projeto de alunos e professores do HU2 selecionado para Feira Brasileira Jovens Cientistas 2020

Publicado em

cena_animação_mapa piloto

 

O projeto “Viajando pelo Tempo e Espaço do Rio de Janeiro – a produção de materiais Didáticos Digitais”, que conta com a participação de professores e alunos do Campus Humaitá II, está entre os finalistas da Feira Brasileira Jovens Cientistas 2020 (FBJC), que acontecerá virtualmente entre os dias 26 e 28 de junho.

O projeto de iniciação científica é desenvolvido pelas professoras do Humaitá II Carolina Vilela (Geografia), Roberta Martinelli (História) e Siddharta Fernandes (Informática Educativa), atualmente à disposição da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura (Propgpec), em parceria com o grupo de pesquisa de História da Universidade Federal Fluminense (UFF), coordenado pela professora Maria Fernanda Bicalho, que conta com o financiamento da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj).

Integrantes do projeto (da esquerda para a direita): Francisco Azar, Prof. Maria Fernanda Bicalho, Prof. Roberta Martinelli, Beatrice Teixeira, prof. Carolina Vilela, Maria Eduarda, Renan Wederrosch
Integrantes do projeto (da esquerda para a direita): Francisco Azar, Prof. Maria Fernanda Bicalho, Prof. Roberta Martinelli, Beatrice Teixeira, prof. Carolina Vilela, Maria Eduarda, Renan Wederrosch

Fazem parte do grupo de pesquisa os estudantes do Humaitá II Beatrice Vecchio Teixeira, Francisco Silveira Azar, Joseph João Michel Silva Guillemete e Maria Eduarda Moreira dos Santos Oliveira e o aluno de graduação em História da UFF Renan Carvalho Wederrosch.

Animação

Francisco Azar vai participar da FBJC e apresentar o primeiro produto do projeto: uma animação, produzida integralmente pelos estudantes, que conta a história de Omekong, um menino da Costa da Mina do Reino de Daomé, trazido violentamente como escravizado para o Rio de Janeiro no início do século XIX. A voz do personagem Omekong foi dublada por Caiuá de Paula Cipriano, aluno do 8º ano do Campus Humaitá II.

A animação é uma dentre várias outras que estarão disponíveis em um aplicativo que articulará o mapa do século XIX com o mapa atual da cidade do Rio de Janeiro, possibilitando ao estudante navegar entre os dois tempos.  “O objetivo é criar um produto digital, dinâmico e interativo, representando a sociedade e as mudanças espaciais da cidade do Rio de Janeiro”, explicou a professora Roberta Martinelli.

Integrantes do projeto na V jornada de iniciação científica do CPII em São Cristóvão: Carolina Vilela, Francisco Azar, Joseph Guillemete, Maria Eduarda Moreira e  Roberta Martinelli
Integrantes do projeto na V jornada de iniciação científica do CPII em São Cristóvão: Carolina Vilela, Francisco Azar, Joseph Guillemete, Maria Eduarda Moreira e Roberta Martinelli

Realengo

Outro projeto finalista da Feira Brasileira Jovens Cientistas 2020 é  “A Criação de uma rota turística no bairro de Realengo, Rio de Janeiro”, desenvolvido no Campus Realengo II pelos estudantes Cristine Rodrigues, Camile Monteiro e professor Yan Navarro (Orientador).

Logo 2020 Rodapé Comunicação

Assuntos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Tema desenvolvido pela Comunicação Social do Colégio Pedro II para WordPress