Sobre o Programa

O Programa de Residência Docente (PRD) visa aprimorar a formação do professor da Educação Básica por meio de um projeto de formação continuada, desenvolvendo competências docentes que complementem a formação recebida na Instituição de Ensino Superior (IES) de origem, a partir da vivência em um ambiente escolar de reconhecida excelência.

A Residência Docente pareia professores recém-formados (aqui denominados Residentes Docentes) com professores orientadores do Colégio Pedro II (Professores Supervisores e Coordenadores de Área), de modo a dar ao novo profissional uma formação complementar em questões de ensino-aprendizagem na área/disciplina, assim como em aspectos da vida escolar. Além disso, pretende possibilitar a aplicação de novas metodologias e estratégias pedagógicas na instituição de atuação do Professor Residente, que venham a incrementar os resultados de aprendizagem dos alunos da Educação Básica.

 

Categorias dos Participantes:

Residente Docente

Professor Supervisor

Coordenador de Área

Coordenação do Programa

Estrutura Relacional dos participantes (até 2015)

 

Objetivos:

– contribuir para o aprimoramento do desempenho de docentes recém-formados no ambiente da escola pública e o aperfeiçoamento da competência profissional adquirida na graduação;

– capacitar os participantes para que ajam como multiplicadores em seus ambientes educacionais;

– desenvolver estratégias pedagógicas apropriadas para a realidade educacional do estado/município;

– criar produtos acadêmicos relacionados à prática docente, aplicáveis à realidade da escola pública.

 

Carga horária PRD-2016:

O programa contempla uma carga horária total de 360 horas, distribuídas no período de um ano letivo em atividades presenciais e à distância, bem como atividades desenvolvidas no próprio contexto escolar em que o Residente atua.

Carga horária PRD-2013, PRD-2014 e PRD-2015:

O programa contempla uma carga horária total de 420 horas, distribuídas no período de um ano letivo em atividades presenciais e à distância, bem como atividades desenvolvidas no próprio contexto escolar em que o Residente atua.

Carga horária PRD-2012:

O programa contempla uma carga horária total de 500 horas, distribuídas no período de um ano letivo em atividades presenciais e à distância, bem como atividades desenvolvidas no próprio contexto escolar em que o Residente atua.

 

Áreas das Atividades desenvolvidas no PRD-2016:

O Residente Docente desenvolverá atividades divididas nas seguintes áreas:

 I – Atividades na área de docência – atividades didáticas desenvolvidas no CPII e na unidade escolar do residente (160h).

II – Atividades em setores administrativo-pedagógicos do CPII – laboratório, biblioteca, secretaria, SESOP, etc (20h).

III – Atividades em formação continuada – oficinas, congressos, etc. (180h).

Áreas das Atividades desenvolvidas no PRD-2015:

O Residente Docente desenvolverá atividades divididas nas seguintes áreas:

 I – Atividades na área de docência – atividades didáticas desenvolvidas no CPII e na unidade escolar do residente (200h).

II – Atividades em setores administrativo-pedagógicos do CPII – laboratório, biblioteca, secretaria, SESOP, etc (20h).

III – Atividades em formação continuada – oficinas, congressos, etc. (200h).

Áreas das Atividades desenvolvidas no PRD-2013 e PRD-2014:

O Residente Docente desenvolverá atividades divididas nas seguintes áreas:

 I – Atividades na área de docência – atividades didáticas desenvolvidas no CPII e na unidade escolar do residente (60% da carga horária do programa).

II – Atividades em setores administrativo-pedagógicos do CPII – laboratório, biblioteca, secretaria, SESOP, etc (5% da carga horária do programa).

III – Atividades em formação continuada – oficinas, congressos, etc. (35% da carga horária do programa).

 

Certificação:

Os Residentes Docentes que atenderem a todos os requisitos do programa atingindo conceito mínimo B (entre os conceitos A-Excelente, B-Bom e C-Insatisfatório) em suas etapas, serão certificados pelo Colégio Pedro II como Especialistas em  Educação Básica  (Pós-graduação Lato-sensu).

Obs.: Nos anos de 2012, 2013, 2014 e 2015 , o Programa teve fomento CAPES. Em 2015 o programa também teve fomento CPII.