História da África – Objetivos

Assumindo como referências a defesa da ética humana e da tolerância e o respeito à diversidade e às alteridades, cabe pontuar a relevância desse curso em função dos seguintes objetivos, quais sejam:

  • Questionar a concepção etnocêntrica acerca das sociedades africanas e as conceptualizações de racismo que moldaram o imaginário político do Ocidente;
  • Apresentar um outro entendimento acerca da África e de sua (s) cultura (s), indo além das narrativas oficiais enquadradas;
  • Reelaborar o lugar da África e dos negros na construção da ideia de nação e de identidade brasileiras;
  • Dialogar com as tradições silenciadas que não puderam compor o panorama da história oficial, para tecer as tramas entre memória, história e arquivo12 em constante mutação;
  • Criar um espaço de discussão, no qual as necessárias conexões entre teoria acadêmica e prática pedagógica sejam realizadas, visando à formação continuada de professores da Educação Básica;
  • Desenvolver atividades de crítica histórica e historiográfica no campo do Ensino de História da África;
  • Refletir acerca das relações étnico-raciais presentes no ambiente escolar, seus pontos de conflito e tensões, e compreender de que forma o conhecimento sobre a diversidade na formação cultural, étnica e racial brasileiras e a construção de identidades afro-brasileiras podem contribuir para esta reflexão;
  • Contribuir para as discussões sobre a História da África e da cultura afro-brasileira a partir da perspectiva dos debates dos estudos pós-coloniais e do olhar de autores e pensadores africanos sobre sua própria História e enfatizar assim a diversidade de visões, em detrimento de uma história única;
  • Analisar a produção dos materiais didáticos utilizados nas escolas brasileiras atuais e suas inter-relações com o ensino de História da África proposto pela Legislação em vigor a partir de 2003.