Educação Psicomotora

Estrutura Curricular

 

Educação Psicomotora

Disciplinas

CH

Introdução à Didática e Prática Docente no Ensino Superior
Prof. Me. Leandro Teófilo de Brito

16 (EAD)

Metodologia do Trabalho Científico
Prof.ª Dr.ª Kátia Regina Xavier Silva

16 (EAD)

Métodos e Técnicas de Pesquisa
Prof.ª Dr.ª Kátia Regina Xavier Silva

16 (EAD)

Introdução à Psicomotricidade
Prof. Me. Ricardo Carlos Santos Alves

24

Educação Psicomotora
Prof.ª Ma. Célia Regina Nonato da Silva Loureiro

24

Psicopatologia
Prof.ª Ma. Claudia Maria de Alvarenga Dantas

24

Educação Psicomotora na Educação Básica
Prof.ª Dr.ª Kátia de Souza e Almeida Bizzo Schaefer

40

Desenvolvimento Psicomotor
Prof.ª Dr.ª Kátia Regina Xavier Silva

32

Educação Especial
Prof.ª. Esp. Maria Aparecida Etelvina Ivas Lima

24

Avaliação Psicomotora
Prof. Me. Ricardo Carlos Santos Alves

32

Bases Filosóficas e Antropológicas do Ser Humano
Prof. Dr. Germano Nogueira Prado

24

Bases Psicanalíticas
Prof.ª Ma. Claudia Maria de Alvarenga Dantas

24

Bases Neuro-Anátomo-Fisiológicas
Prof.ª Ma. Célia Regina Nonato da Silva Loureiro

24

Prática Psicomotora
Prof. Me. Ricardo Carlos Santos Alves

56

CARGA HORÁRIA TOTAL

376

 

Aspectos metodológicos

O curso se pautará por intervenções baseadas na Metodologia da Problematização (BERBEL, 1996). Fará uso das Habilidades Técnicas de Ensino, de Flávia Sant´Anna, Os Estilos de Ensino, de Muska Moston, e as Práticas Psicomotoras baseadas em Lapierre, Aucouturier, Levin, Pichon Rivier, entre outros. O curso objetiva, com isso, alcançar a integração teórica e prática, principalmente através das práticas psicomotoras (dinâmicas, sensibilizações, dramatizações e vivências corporais) fundamentais à formação pessoal e profissional do pós-graduando, praticamente inexistentes na maioria dos cursos de especialização.

 

Avaliações e Trabalho final

A avaliação das disciplinas do curso se dará através dos seguintes instrumentos, segundo escolha dos docentes, com notas variando de zero a dez, sendo aprovados os alunos que receberem nota igual ou superior a 7,0 (sete):

  • Trabalho teórico
  • Resenha crítica
  • Seminário

O Trabalho de Conclusão de Curso deverá ser elaborado na forma de um artigo, seguindo as normas da ABNT. O Trabalho deverá ser entregue duas semanas antes da apresentação para a Banca Examinadora, que deverá ser composta por três docentes do curso ou convidados. A aprovação do pós-graduando se dará pelo recebimento de nota igual ou superior a 7,0 (sete). Aqueles que receberem nota entre 5,0 (cinco) e 6,9 (seis pontos e nove décimos) serão encaminhados a fazer as correções devidas para o alcance da nota mínima para aprovação. Os alunos com nota inferior a 4,9 (quatro pontos e nove décimos) serão reprovados.

A frequência mínima para aprovação no curso é de 75% em cada uma das disciplinas ofertadas. A frequência mínima deverá ser cumprida mesmo que o aluno seja aprovado nas disciplinas.