Ensino de Espanhol – Apresentação

A Especialização em Educação Linguística e Práticas Docentes em Espanhol/LE é um curso de pós-graduação lato sensu de modalidade presencial. Ministrado por docentes com larga experiência na educação básica, o curso visa fortalecer e aprimorar a capacidade acadêmica e profissional de docentes e de recém-formados em Espanhol.

O curso é oferecido pelo Departamento de Espanhol do Colégio Pedro II.

Objetivo

Contribuir para a capacitação de graduados em Espanhol para o trabalho em escolas de educação básica e formar especialistas com o propósito de aprimorar o conhecimento linguístico-discursivo do profissional que atua na área de língua Espanhola, de forma a desenvolver uma visão crítica das políticas linguísticas, públicas, curriculares e educacionais no Brasil.

Público alvo

Graduados em Letras: Português-Espanhol, e professores de Espanhol da Educação Básica.

Estrutura curricular

Clique aqui para fazer o download da estrutura curricular do curso.

Estrutura Curricular – Espanhol

Avaliação

Para cada disciplina do curso, a critério do professor, haverá avaliações formais com graus que variam de zero a dez e será aprovado o aluno que perfizer nota superior ou igual a 7,0 (sete). Dentre as avaliações podem adotar-se o trabalho teórico, seminários expositivos individuais ou em grupo, produção de materiais, entre outros.

O trabalho final de curso se constitui de um artigo, redigido segundo as Normas da ABNT, e será apresentado a uma banca examinadora composta por três docentes do curso, previamente formada de acordo com o foco temático do artigo final. O artigo deverá ser entregue à banca duas semanas antes da apresentação. Para sua aprovação, o aluno deverá ter nota igual ou superior a 7,0 (sete). Os artigos com nota entre 5,0 e 6,9 serão devolvidos aos alunos para que sejam feitas as devidas correções e passem por uma nova análise da banca. Os artigos com nota igual ou inferior a 4,9 serão reprovados.

A frequência mínima para aprovação no curso é de 75% em cada uma das disciplinas ofertadas. A frequência mínima deverá ser cumprida mesmo que o aluno seja aprovado nas disciplinas.