Biblioteca Indica #3

Publicado em

bbi31

Você sabia que no dia 27 de março é comemorado o dia do Circo? Esse dia foi escolhido para homenagear Abelardo Pinto, um grande artista do circo que nasceu no dia 27 de março de 1897 em Ribeirão Preto, no estado de São Paulo. Abelardo nasceu numa família de artistas circenses, cresceu com o apelido de Careca e na década de 1920 assumiu o nome artístico de Piolin (palavra usada para definir barbante no idioma espanhol).

Abelardo foi membro da Academia de Artes e Letras de Ribeirão Preto, ocupando a cadeira de número 29. Piolin foi homenageado na Semana de Arte Moderna de 1922 por ser um exemplo de artista engajado na arte e como um grande divulgador da cultura popular do Brasil e como inspiração para palhaços do mundo inteiro. O artista faleceu em 4 de setembro de 1973.

Em 2007 foi lançado o livro Piolin: a trajetória iluminada do maior palhaço brasileiro. Abaixo, algumas sugestões de leitura para a criançada com a temática circense:

.

 Tem Bicho no Circo – Ziraldo

a1

O Bichinho da Maçã se dá bem com os animais de circo e sempre brinca com eles. Mas, na realidade, quem é mesmo de circo é ele próprio, que dança na corda bamba todos os dias!

 

O grande circo do mundo – Marta de Senna 

 

a2

Inspirada numa obra escrita há mais de 300 anos, essa peça teatral também pode ser lida individualmente. Escrita em versos, revela o circo como temática e vem acompanhada de dicas de montagem para o teatro. Capaz de render boas brincadeiras.

.

Dona Zulmira vai ao circo – Blandina Franco

a3

Por mais que o circo tivesse atrações, dona Zulmira achava tudo muito sem graça: mágico, equilibrista, foca, elefante… Nada lhe interessava. Será que alguma coisa naquele lugar poderia despertar seu interesse? Um livro rimado com uma mensagem encantadora.

 

 

Um palhaço diferente –  Sonia Junqueira

a4

No link abaixo você assiste a história do livro Um palhaço diferente, da autora Sonia Junqueira. Este livro está disponível em nossa Biblioteca O fantástico mundo dos livros.

 

 

O palhaço Biduim – Bia Bedran 

a5

O palhaço Biduim levava uma vida boa, com sua casinha pequena e seu chapéu de flor amarela até a chegada de uma bruxa que desperta sentimentos duvidosos.

 

 

Tema desenvolvido pela Comunicação Social do Colégio Pedro II para WordPress