#BibliotecaIndica: matéria sobre dinossauros brasileiros e fototeca com patrimônios nacionais são as dicas da semana

Publicado em

Reportagem sobre dinossauros brasileiros é uma das indicações culturais da   Biblioteca do Campus Tijuca II. Foto: Reprodução / Museu dos Dinossauros (@museudosdinossauros)
Reportagem sobre dinossauros brasileiros é uma das indicações culturais da Biblioteca do Campus Tijuca II. Foto: Reprodução / Museu dos Dinossauros (@museudosdinossauros)

A equipe da Biblioteca do TJ2 recomenda à comunidade escolar a leitura de uma reportagem sobre os dinossauros brasileiros mais antigos do mundo e também um passeio virtual pela fototeca do Iphan, que traz imagens e informações sobre os patrimônios materiais e imateriais do país.

Confira, abaixo, as recomendações da semana da série #BibliotecaIndica:

1) Matéria “Os dinossauros brasileiros mais antigos do mundo”, da Multirio:  A reportagem fala sobre o período em que esses animais viveram e destaca exemplos de espécies carnívoras, predadoras e herbívoras que habitaram no Brasil. Uma curiosidade: o município de Uberaba, em Minas Gerais, é considerado a Terra dos Dinossauros e registra uma das maiores quantidades de espécies do país. Existe até um museu dedicado aos répteis gigantes em Peirópolis, distrito de Uberaba (atualmente fechado para visitação por conta da pandemia).

Disponível em: http://www.multirio.rj.gov.br/index.php/leia/reportagens-artigos/reportagens/17078-os-dinossauros-brasileiros-mais-antigos-do-mundo

Réplica de fóssil de dinossauro brasileiro. Foto: Reprodução / Museu dos Dinossauros (@museudosdinossauros)

2) Fototeca do Iphan: As galerias de imagens apresentam os patrimônios materiais, imateriais e culturais distribuídos entre todas as regiões do país. Basta clicar nas fotos para conhecer paisagens naturais, manifestações culturais, hábitos, crenças e edificações que fazem parte da formação e da história do Brasil.

Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/fototeca

Exemplo de Patrimônio Cultural, o maracatu de Baque Solto é uma manifestação artística da região canavieira de Pernambuco, marcada pela musicalidade, pelo improviso e pela rica coreografia de caboclos e baianas. Foto: Reprodução / Fototeca – IPHAN

 

 

 

Comunicação Social do Campus Tijuca II

Categorizado em #BibliotecaIndica, Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Tema desenvolvido pela Comunicação Social do Colégio Pedro II para WordPress