Festival comemora 50 anos do tropicalismo, no ENII

 

 

 

O Núcleo Transdisciplinar de Humanidades (Nuth) comemora os 50 anos do movimento tropicalista com o Festival Divino Maravilhoso, que acontece de 15 a 17 de agosto, no Campus Engenho Novo II.

 

Serão três dias de programação diversificada, incluindo oficinas apresentações musicais, produções artísticas, sarau literário e discussões teóricas e conceituais sobre o tropicalismo. As atividades acontecem no auditório e salas do campus e são destinadas aos estudantes do Ensino Médio e abertas à comunidade escolar.

 

“O tropicalismo se configurou como um movimento artístico e Cultural de suma importância nos anos 60 e 70. Mais que balançar os campos musical, literário e das artes plásticas, o movimento questionava valores da tradicional e conservadora sociedade brasileira da época. Balançava ‘essas pessoas da sala de jantar’ e incorporava discussões mundiais comportamentais importantes como o movimento hippie, o feminismo e o movimento negro”, comentou a professora de História, Carolina Medeiros.

 

 

Confira a programação:

 

Dia 15/8 (terça-feira)

Das 14h30 às 16h

Pocket Show com Thiago Thiago de Mello. O cantor e compositor lança seu novo trabalho, apresenta canções autorais e fala sobre suas influências musicais tropicalistas.

Local: Auditório

 

 

Dia 16/8 (quarta-feira)

Das 8h30 às 10h

Oficina “Arte e Tropicalismo” - O professor e coordenador de Arte Visuais do campus, professor Rafael fala um pouco sobre a arte tropicalista.

Local: Auditório

 

Das 13h às 14h30

Sarau “Poesia e tropicalismo - Somos Todos Tropicália” - O poeta Paulo Sabino, curador e produtor do evento “Somos Tropicália” com encontros realizados no Gabinete de Leitura Guilherme Araújo, conta um pouco do evento, a relação de sua obra com a Tropicália e convida a todos para um sarau de poesia tropicalista.

Local: Auditório

 

Dia 17/8 (quinta-feira)

Das 10h30 às 12h

Oficina de Parangolés - O professor de artes do campus Alexandre convida os alunos a entrar no mundo da arte tropicalista através dos parangolés de Hélio Oiticica.

Local: Sala 1 do prédio principal

 

Das 10h às 12h

“Cantando a História do Tropicalismo - Aula musicada dos professores do campus Carolina e Pedro (dos departamentos de História e Sociologia).

Local: Auditório

 

 

 

Assessoria de Comunicação Social

 

 

Acessos Hoje:673  Total Acessos:1772308