Estudantes do Humaitá II participam da Olimpíada Internacional Matemática sem Fronteiras

 

OIMSF HumaitaII (2)Estudantes do Ensino Médio realizando a prova

 

Um total de 83 estudantes do Campus Humaitá II participou na sexta-feira, 20, da edição 2018 da Olimpíada Internacional Matemática sem Fronteiras 2018 (IMSF). Entre os candidatos, 46 eram alunos do Ensino Fundamental (7º, 8º e 9º anos) dos turnos matutino e vespertino e 37 do Ensino Médio (1ª, 2ª e 3ª séries) dos três turnos (manhã, tarde e noite).

 

Uma versão brasileira da Mathématiques sans Frontières, criada em 1989 na França, a olimpíada é uma competição internacional de Matemática em equipes e interclasses para estudantes do Ensino Fundamental e Médio. Os principais objetivos da competição são aproximar os estudantes do estudo da disciplina, mostrar a importância das línguas modernas e promover o interesse pela Matemática e pelo trabalho cooperativo.

 

OIMSF HumaitaII (5) OIMSF HumaitaII (4)
FOTO 1: Helena Azevedo, Rachel Fonte e Maria Eduarda                     FOTO 2: alunos do Ensino Fundamental fazendo a prova

 

Questões

Com duração máxima de 90 minutos, a prova é realizada em grupos de alunos da mesma série. Segundo a coordenadora da Equipe de Matemática do Campus Humaitá II, Rachel Fonte, as questões da prova estavam bem elaboradas e exigiram bastante raciocínio lógico por parte das equipes.

 

“Os alunos gostam muito dessa competição porque podem resolver as questões em grupo”, ressaltou Rachel. Seu colega Diego Matos, que aplicou a prova para o Ensino Médio, concorda. “A prova em equipe deixa o aluno mais motivado”, observou.

 

Responsável por aplicar a prova para o Ensino Fundamental, o professor de Matemática Fellipe Coelho também considerou as questões bastante elaboradas. “A competição como um todo foi muito desafiadora”, opinou.

 

OIMSF HumaitaII (3) OIMSF HumaitaII (1)
FOTO 1: estudante Bernardo Banholi                                                       FOTO 2: Diego Matos, Fellipe Coelho e Rachel Fonte 

 

Experiência

A estudante Maria Eduarda de Salles Paiva, do 9º ano, participou pela primeira vez da IMSF. Ela disse que gostou bem mais desta competição do que da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Pública (OBMEP), em que a prova é individual.

 

Sua colega de equipe, Helena Azevedo, já havia participado da edição passada. “Dessa vez já tínhamos mais experiência e nos organizamos melhor. Por isso, ficou mais fácil e divertido resolver as questões”, ressaltou a aluna que foi ouro em 2017 na OBMEP.

 

Aluno da 2ª série, Bernardo Banholi achou a competição difícil. ”Mas o fato de ser em grupo ajuda bastante também”, observou o estudante que já conquistou prata (2014) e bronze (2007) na OBMEP.

 

Veja mais sobre a Olimpíada Internacional Matemática sem Fronteiras 2018 (IMSF) em http://matematicasemfronteiras.org/

 

 

 

Setor de Comunicação do Campus Humaitá II

Assessoria de Comunicação Social

 

Acessos Hoje:4853  Total Acessos:9093118