Período Republicano

 

Com a Proclamação da República, em 1889, o Colégio passa a se chamar Instituto Nacional de Instrução Secundária, mudando para Ginásio Nacional, já em 1890. Dois anos depois, o Internato é extinto e cria-se o 2º Externato, fundido ao Externato localizado no Centro por um único regulamento.


Em 1909, outra mudança. O presidente Nilo Peçanha, ex-aluno do Colégio, decreta que o Externato passe a se chamar Externato Nacional Pedro II e o 2º Externato, Internato Nacional Bernardo de Vasconcelos. Apenas em 1911, sob decreto do presidente Marechal Hermes da Fonseca, também ex-aluno, a Instituição retorna à denominação de Colégio Pedro II, dividido em Externato e Internato.


Em 2 de dezembro de 1937, o primeiro centenário do Colégio foi comemorado com diversas celebrações na Quinta da Boa Vista — antiga residência imperial — e nos bairros de São Cristóvão e da Praia Vermelha. Uma sessão solene promovida pelo Ministério da Educação reuniu o então presidente Getúlio Vargas, diplomatas, ministros de Estado e membros do corpo docente e discente no Teatro Municipal.

 

 

 

Acessos Hoje:51  Total Acessos:1643676