Hino dos alunos do Colégio Pedro II

 

 

 


BREVE HISTÓRICO DO HINO

 

A música foi composta pelo maestro Francisco Braga, mesmo compositor do Hino à Bandeira Nacional, e a letra foi escrita por Hamilton Elia, Aluno Eminente do CPII. O hino foi executado pela primeira vez no dia 2 de dezembro de 1937 no Theatro Municipal do Rio de Janeiro em sessão solene pela comemoração do centenário da instituição, onde os orfeões do Externato e Internato foram regidos pelas professoras Maria Elisa de Freitas Lima e Luciana Villa-Lobos. Estiveram presentes professores e alunos do Colégio, Ministros de Estado, Prefeito do Distrito Federal, demais  autoridades, convidados e o Presidente Getúlio Vargas. 

 

 

HINO DOS ALUNOS DO COLÉGIO PEDRO II

Música: Francisco Braga / Letra: Hamilton Elia

 

Nós levamos nas mãos o futuro de uma grande e brilhante Nação.

Nosso passo constante e seguro rasga estradas de luz na amplidão.

Nós sentimos, no peito, o desejo de crescer, de lutar, de subir.

Nós trazemos no olhar o lampejo de um risonho fulgente porvir.

Vivemos para o estudo, Soldados da Ciência,

O livro é nosso escudo e arma a inteligência.

Por isso, sem temer, foi sempre o nosso lema

“Buscarmos no saber a perfeição suprema”.

Estudaram aqui brasileiros de um enorme e subido valor.

Seu exemplo segui, companheiros, não deixemos o antigo esplendor.

Alentemos, ardente, a esperança de buscar, de alcançar, de manter,

No Brasil, a maior confiança que só pode a ciência trazer.

Vivemos para o estudo, Soldados da Ciência,

O livro é nosso escudo e arma a inteligência.

Por isso, sem temer, foi sempre o nosso lema

“Buscarmos no saber a perfeição suprema”.

 


TABUADA


Ao Pedro II, tudo ou nada?

Tudo!

Então como é que é?

Tabuada!

Três vezes nove, vinte e sete.

Três vezes sete, vinte e um.

Menos doze ficam nove.

Menos oito fica um!

Zum! Zum! Zum!

Paratibum!

Pedro II!



Partitura do Hino dos alunos do Colégio Pedro II

 

Acessos Hoje:1218  Total Acessos:1782662