Niterói promove Oficina de Braile

 

 

 

Seguem até 7 de julho as aulas da Oficina de Braile do Campus Niterói. O curso de nível básico teve início no dia 14 de maio e está sendo ministrado pela servidora do NAPNE, Suellen Destefani. O projeto conta com 28 inscritos entre alunos, servidores e funcionários, divididos em duas turmas. 

 

A oficina tem como objetivo a democratização da aprendizagem do sistema braille através de uma abordagem lúdica, informativa e sensibilizadora, colocando o público em contato com o contexto da deficiência visual. Visa ainda colaborar para um ambiente institucional mais inclusivo, promovendo a acessibilidade e estimulando o aprendizado do Braille, dada a sua importância para a inclusão social. 

 

Oficina de produção de materiais

No 26 de junho, o Campus Niterói recebeu o coordenador de Educação Inclusiva da Rede Municipal de Ensino de São Gonçalo, Humberto Bethoven de Mello, e as professoras de Apoio Especializado Valquíria Viana e Fatima Alves, para realizarem uma Oficina de Produção de Materiais Especializados para Alunos com Deficiência Visual. O evento teve como público alvo os participantes da Oficina de Braile e também para os demais alunos, servidores e funcionários do Campus.

 

A oficina de Produção de Materiais mostrou algumas técnicas de produção de recursos e tecnologias para serem utilizados como instrumentos facilitadores da aprendizagem de alunos com deficiência visual em sua vida escolar. A professora da oficina de Braille Suellen Destefani informou que mesclar as oficinas foi importante para que os participantes pudessem entrar em contato com o processo de aquisição do conhecimento de alunos cegos ou com baixa visão.

 

O evento contou ainda com uma exposição de materiais produzidos pelos professores e participantes do Curso de Produção de Material Didático Especializado na área de Deficiência Visual, oferecido pela Coordenação de Educação Inclusiva da Prefeitura de São Gonçalo.

 

Encerramento

O encerramento da oficina de Braille do Campus Niterói está marcado para o dia 7 de julho, às 11h45min, no Aquário do Campus. O evento contará com a presença do Coral dos alunos da Reabilitação do Instituto Benjamin Constant, regido pela Maestra Caroline Camargo do Espirito Santo, em conjunto com o Coral do Campus Niterói, regido pelo maestro e professor de música Leandro Goretkin. O evento tem o intuito de comemorar o encerramento da primeira turma da Oficina de Braille, valorizando as diferenças e mostrando que mesmo com limitações, as pessoas com deficiências são capazes de realizar quaisquer atividades.

 

 

 

Setor de Comunicação do Campus Niterói

Coordenadoria de Comunicação Social

 

Acessos Hoje:17942  Total Acessos:12692033