PF realiza palestra sobre drogas para alunos e pais de Niterói


Encontro teve palestra de agentes da Polícia Federal que levaram cão farejador

 

Agentes da Polícia Federal do Grupo de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas (GPRED), subordinado à Delegacia de Repressão a Entorpecentes, ministraram palestra para pais e alunos do Campus Niterói sobre prevenção ao uso indevido de drogas, no dia 2 de setembro.

 

Durante a palestra, os agentes Jardel Pereira e Paulo Bastos falaram sobre os principais tipos de drogas, a diferença entre usuário e dependente, e debateram  sobre as principais consequências do uso de drogas. "A palestra tem o intuito de mostrar aos adolescentes o que a droga representa no contexto social e como é feita a cooptação da juventude para a sua utilização, bem como sua ação a nível físico e emocional", explicou Paulo Bastos. "Também abordamos os ordenamentos jurídicos a respeito, incluindo o Código Penal, explicando o papel da Polícia Federal, e como a família deve ser inserida nesse contexto", concluiu Paulo.

 

O evento contou ainda com a presença do cão Yoshi, da Unidade de Cães de Serviço da PF-RJ. "Utilizamos cães da raça pastor alemão, geralmente vindos dos Estados Unidos, sendo treinados para serem farejadores de droga ou de explosivos. Os cães ficam em serviço no máximo até os sete anos de vida; atingindo essa idade, são aposentados do serviço, dando-se preferência ao agente operador do cão para que fique com o mesmo", explica o Agente Jardel, responsável pelo canil do Rio de Janeiro. Yoshi tem cinco anos de serviço auxiliando no farejamento de drogas. 

 

A droga atua nos neurotransmissores estimulando o sistema de recompensa cerebral, dando sensação de bem-estar, euforia e autoconfiança. Entretanto, "a principal coisa que se pode perder com o uso das drogas é a própria liberdade; elas determinam o que você tem que fazer o tempo todo", concluiu Jardel.

 

 

 

Setor de Comunicação do Campus Niterói

Coordenadoria de Comunicação Social

 

Acessos Hoje:23653  Total Acessos:11536874