Campus Tijuca II realiza oficina sobre diáspora africana


Mapa de tecido feito pelos alunos


No dia 25 de junho aconteceu no Campus Tijuca II a oficina “A diáspora Africana”, realizada pelas docentes Isabel Gomes e Gisele da Silva, professora convidada.


A proposta da oficina foi gerar a reflexão nos alunos em relação aos negros retirados da África para servirem de mão de obra escrava no Brasil, além de terem contribuído para a formação do povo e da cultura brasileira. Sendo assim, a oficina cumpre com a Lei no 10.639, de 9 de janeiro de 2003,Lei no 10.639, de 9 de janeiro de 2003, que torna obrigatório nas escolas  públicas e particulares o ensino sobre história e cultura afro-brasileira.


Oficina 

A atividade contou com a participação dos estudantes do campus, que foram familiarizados com alguns elementos da cultura brasileira que possuem origem africana, tais como: comidas, palavras e religiões.


Foram mostrados os principais grupos étnicos-linguísticos dos negros que foram para o Brasil, assim como a localização dos portos africanos, de onde saíram os escravos e brasileiros. Os participantes se organizaram e produziram um mapa de tecido que indica a localidade dos sudaneses e bantus, os portos de onde saíram os negros escravizados e as rotas migratórias.

 

Depoimentos

"É sempre legal terem aulas diferentes para sairmos um pouco da rotina. Os mapas me ajudaram a entender melhor de que partes da África os escravos saíram e para onde eles foram. Além disso me ajudar nas aulas de História, também ajuda a entender o Brasil atual" - Juan Soriano, turma 1103

 

"O que me somou mais foi saber que diversos traços da cultura africana estão presentes no nosso cotidiano, pois geralmente desconhecemos a origem daquilo que faz parte do nosso dia a dia" - João Victor Soldati, turma 1103

 

"Tive um conhecimento geral sobre o Brasil e seu povo miscigenado, além do conhecimento sobre os nomes dos povos que vieram para o nosso país" - Laysa Cury, turma 1103

 

"Me identifiquei mais com a parte que trabalhamos com o mapa, trilhando o caminho dos africanos" - João Victor Tito, turma 1103

 

"Achei importante saber as origens e destinos dos africanos que sofreram a diáspora, já que nunca tive conhecimento sobre isso anteriormente. Com o mapa também fica mais fácil de entender." Ana Carolina Vieiro - 1101" - Júlia Catão, turma 1101

 

"O trabalho ilustrativo ajuda bastante, pois quando tiver novamente algo relacionado a essa matéria, me lembrarei desse trabalho" - Fernanda Mendes Furtado, turma 1101

 

"Ter noção das regiões de onde os negros vieram acaba com um certo estereótipo que temos, achando que os povos africanos são todos iguais" - Thiago Santos Araújo, turma 1103

 

"Gostei mais da parte em que falamos das rotas do tráfico negreiro. Recebi um conhecimento mais amplo sobre o tema" - Anna Beatriz Figueiredo, turma 1101

 

"Acho ótima a ideia da oficina, gera uma maior interação e quando fazemos algo mais prático, os alunos muitas vezes consideram mais fácil de entender" - Daniel Marques Guimarães, turma 1101

 

Confira mais imagens:

 

 

Setor de Comunicação do Campus Tijuca II

Comunicação Social

 

 

Acessos Hoje:12321  Total Acessos:29000663