Com novos cursos, ensino técnico no CPII tem aumento de matrículas

 

As matrículas em cursos técnicos profissionalizantes no Colégio Pedro II chegaram a 1.627 no ano letivo de 2019. O número corresponde a 14,8% do total de matrículas e reflete o empenho da instituição em atingir uma das metas do Plano Nacional de Educação (PNE), que tem como foco oferecer, no mínimo, 25% das matrículas na forma integrada à educação profissional.

 

Em 2018, o número de matrículas nessa modalidade de ensino foi de 980, representando 11,5% do total de estudantes matriculados no CPII. Segundo o chefe da Seção de Ensino Técnico, Walber Melo, o aumento repercute uma série de medidas adotadas dentre as quais está a criação de novos cursos técnicos como o curso de qualificação profissional em Assistente em Administração, o ensino médio integrado em Técnico em Administração e a classe de permanência formativa com qualificação em Recursos Humanos.

 


Diogo Brum e Walber Melo, da Seção de Ensino Técnico

 

Além dos novos cursos, o colégio também investiu na adequação e atualização curricular dos cursos ofertados para garantir a permanência e interesse dos estudantes. “A formação no ensino técnico é dinâmica. Há uma necessidade de um alinhamento constante do itinerário formativo com as demandas do setor produtivo e sociais. Assim, a adequação curricular busca gerar mais subsídios para que o aluno tenha uma formação adequada ao que se espera dele lá fora”, explicou Walber.

 

Para ele, essas adequações também devem levar em conta o perfil dos estudantes da instituição. Foi a partir dessa variável que foi criado o curso de qualificação em Assistente em Administração, na modalidade EJA.  “Nosso Proeja tinha apenas o Técnico em Administração, um curso de três anos. Analisando nosso perfil de nossos alunos, percebemos que muitos buscavam uma formação técnica em um período mais curto. Assim, percebemos que um curso de qualificação poderia atender melhor a uma parcela desses estudantes”, completou.

 

Interesse crescente por formação técnica

Com essas novidades, a equipe do Setor de Ensino Técnico, em parceria com a Assessoria de Comunicação Social, investiu na promoção da nova cartela de cursos oferecidos pelo CPII. A partir de materiais impressos e da divulgação nas redes sociais, o número de candidatos interessados nos cursos do Proeja pulou de 2 mil inscritos, no processo seletivo 2018, para 9 mil, na seleção 2019.

 


Gilson e Maria Helena, alunos do Proeja

 

A aluna do curso de Assistente em Administração do Proeja, Maria Helena Lousada, de 32 anos, soube do curso ao acessar o site do CPII em busca de informações sobre o processo seletivo da Educação Infantil. "Estou há 14 anos sem estudar, pois concluí meus estudos no ano de 2005. Sempre tive o desejo de voltar a estudar, e vi no Proeja uma nova chance. Não pensei duas vezes, me inscrevi no curso de Assistente em Administração, e quando fui chamada fiquei feliz, tive a certeza que retornaria com os estudos e  alcançaria os meus objetivos", afirmou a aluna do Campus Realengo II.

    

Gilson de Rezende, de 46 anos, também ficou sabendo da seleção para o Proeja pela internet. “Estava há 16 anos longe dos estudos e agora quero me preparar para concursos públicos. Gosto muito de Administração e estou achando o curso ótimo”, afirmou o aluno do Técnico em Administração do Campus Tijuca II.

 

 


Os alunos Pedro Henrique e Vitor Gabriel do ensino médio integrado

 

A seleção para a primeira turma do ensino médio integrado em Técnico em Administração despertou o interesse de 2,5 mil candidatos.  “Para esse curso oferecemos 108 vagas distribuídas em três campi. Tivemos uma relação candidato/vaga superior a seleção do ensino médio regular”, comentou Walber.

 

Pedro Henrique Valentim, de 16 anos, foi um dos candidatos que garantiu sua vaga no integrado em Técnico em Administração para o Campus Tijuca II. Pedro, que já fez um curso de Gestão Empresarial, acredita que a formação será um diferencial em sua formação. “Decidi fazer Administração porque é um curso que oferece uma boa base geral de conhecimentos e também ajuda a ingressar no mercado de trabalho. Hoje em dia, quase todas as profissões precisam de um certo conhecimento na área de Administração. Então, acho que já é um bom ponto de partida”. Mesmo com poucos meses de estudos, o aluno é só elogios ao curso. “Fiquei muito feliz por conseguir estudar aqui! Estou gostando muito do curso, porque oferece um bom conteúdo tanto na parte teórica quanto na prática. Os professores são muito bons, as aulas são interessantes e eles nos dão dicas sobre o mercado de trabalho”, afirmou.

 

Vitor Gabriel dos Santos, de 14 anos, também garantiu sua vaga no médio integrado em Técnico em Administração. “Espero possuir mais possibilidades no mercado de trabalho, pois a Administração abre um grande leque de chances e vem ganhando cada vez mais importância nas empresas, já que uma boa gestão acarreta em bons resultados. Através desse curso, almejo conquistas e realizações e assim evoluir cada vez mais em conhecimento”, contou o estudante do Campus Realengo II.

 

 

Curso Técnico em Libras

Em agosto, o CPII inicia a primeira turma do curso técnico em Tradução e Interpretação de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais). O curso é uma inciativa inédita em instituições da rede federal no estado do Rio de Janeiro e teve seu plano de curso construído coletivamente por departamentos correlatos, Seção de Educação Especial e Setor de Ensino Técnico.

 

“É um curso que vem dentro de uma tradição e expertise institucional, por sermos pioneiros em praticar, de forma decente com a população, as políticas de inclusão. A educação especial já havia feito algumas experiência com oficinas e palestras sobre Libras e a procura foi muito elevada. A partir desse projeto, percebemos que tínhamos tudo para oferecer um curso técnico de Libras. A carreira do intérprete de Libras requer uma formação séria e o CPII, enquanto instituição pública, vem satisfazer essa necessidade”, destaca Walber.

 

O curso será oferecido no Campus Niterói, ao longo de quatro semestres. As aulas ocorrerão em dois dias da semana (quartas e sextas-feiras), com atividades na parte da manhã e da tarde.

 

 

 

Assessoria de Comunicação Social

 

Acessos Hoje:2411  Total Acessos:12305290