Um ideólogo da brasilidade em sala de aula: Justiniano da Rocha, o primeiro professor de geografia do Imperial Collegio de Pedro II

Marcio Ferreira Nery Corrêa

Resumo


O presente artigo é uma construção interpretativa sobre como a inclusão do ensino de geografia no currículo escolar brasileiro se deu num contexto singular, o da formação do Estado Imperial durante o século XIX. A descrição e análise de particularidades históricas corroboram para a coerência de algumas proposições teóricas acerca da formação do território brasileiro, especificamente àquelas que assinalam as peculiaridades dos Estados territoriais, de passado colonial. Assim, àquilo que parece ser apenas uma descrição ou análise biográfica e biobibliográfica de uma personalidade do passado torna-se elemento de reflexão para a compreensão do verdadeiro sentido depositado no ensino de Geografia no contexto do Brasil Oitocentista.



Palavras-chave


Justiniano da Rocha; Compêndio de Geografia; Colégio Pedro II; Formação Territorial; Estado Imperial Brasileiro.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Vera Lúcia Cabana. Historiadores do IHGB/catedráticos do CPII. Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, Rio de Janeiro, ano 168. n. 434 jan./fev. 2007.

BOURDIEU, Pierre. L’illusion biographie. Revues Scientifiques, Lion, França. v. 62-63, p. 69-72, jun., 1986.

CARDIM, Elmano. Justiniano José da Rocha. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1964 (Série Brasiliana, volume 318). 146p.

CHERVEL, André. A história das disciplinas escolares: reflexões sobre um campo de pesquisa. Teoria & Educação, Porto Alegre, n. 2, p. 177-229, 1990.

CHERVEL, André; COMPÈRE, Marie-Madeleine. As humanidades no ensino. Revista Educação e Pesquisa, São Paulo, v.25, n. 2 jun./dez. 1999.

DIAS, Maria Odila Silva. A interiorização da metrópole e outros estudos. São Paulo: Alameda Casa Editorial, 2005.

DÓRIA, Luiz Gastão D’Escragnolle. Memória histórica do Colégio de Pedro Segundo – 1837-1937. Brasília: INEP, 1997. (1ª ed. 1937).

HAIDAR, Maria de Lourdes Mariotto. O Ensino Secundário no Brasil Império. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2008.

JANCSÓ, István & PIMENTA, João P. G. Peças de um mosaico (ou apontamentos para o estudo da emergência da identidade nacional brasileira). In: MOTA, C. G. (Org.) Viagem Incompleta. A experiência Brasileira. São Paulo: Senac, 2000.

KODAMA, Kaori. Os índios no Império do Brasil. A etnografia do IHGB entre as décadas de 1840 e 1860. São Paulo: Edusp, 2009.

MAGALHÃES JÚNIOR, Raimundo. Três panfletários do segundo reinado. Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Letras, 2009.

MAGNOLI, Demétrio. O Estado em busca do seu território. Terra Brasilis, Rio de Janeiro, anos III-IV, n. 4-5, p. 27-44, 2002-2003.

MATTOS, Ilmar Rohloff de. O tempo Saquarema: a formação do Estado Imperial. Rio de Janeiro: ACCESS, 1994.

MATTOS, Selma de. O Brasil em lições: a história como disciplina escolar em Joaquim Manuel de Macedo. Rio de Janeiro: ACCESS, 2000.

MORAES, Antonio Carlos Robert. Território e História no Brasil. São Paulo: Annablume, 2008. 154p.

__________. Geografia Histórica do Brasil: cinco ensaios, uma proposta e uma crítica. São Paulo: Annablume, 2009. 152p.

__________. Nação e território: ideologias geográficas na formação histórica do Brasil. In: SOUZA, Maria das Graças (Org.). Rumos da cidadania: a crise da representação e a perda do espaço público. São Paulo: Instituto Prometeus, 2010. p. 59-72.

SCHWARCZ, Lília Moritz. As barbas do Imperador: D. Pedro II, um monarca nos trópicos. São Paulo: Cia das Letras, 1998.

ROCHA, Genylton O. O Colégio Pedro II e a institucionalização da geografia escolar no Brasil Império. Giramundo: Revista de Geografia do Colégio Pedro II, Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, p. 15-34, jan./jun. 2014.

SANTOS, Milton. O retorno do território. In: SANTOS, M.; SOUZA, M. A. de; SILVEIRA, M. L. (Org.) Território: globalização e fragmentação. 4ª ed. São Paulo: 1998. 332p. p.15-20

SILVA, Jeane, M. da. A bibliografia de geografia: história e pensamento do ensino geográfico no Brasil (1814-1930...). 394 f. Tese (Doutorado em Geografia)–Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012.

VECHIA, Ariclê; LORENZ, Karl Michael. Programa de ensino da escola secundária brasileira: 1850-1951. Curitiba: Edição do Autor, 1998.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-4467

 

Licença Creative Commons

Indexada em: