Mapeando o Programa Gira Mundo: novas práticas pedagógicas, posturas organizacionais e políticas educacionais

Jamylle Rebouças Ouverney-King, José Luiz Amado de Menezes e Souza

Resumo


O Programa Gira Mundo é avaliado dentro da perspectiva de três eixos: ensino, pesquisa e extensão. O objetivo é verificar os impactos das ações do programa e seus reflexos nos participantes, nas escolas e comunidades de atuação. Os dados para a pesquisa advém de (i) questionário aplicado com turmas que foram para a Finlândia em 2016, 2017, 2018 e 2019, e turmas que foram para dois kibutz em Israel em 2018 e 2019; (ii) exame de 30 (trinta) títulos dos projetos de desenvolvimento publicados no sítio do programa. No total 246 professores efetivos da rede estadual de ensino da Paraíba foram capacitados entre 2016 e 2019. Na esteira que arrola os desafios, apontamos como as práticas de capacitação internacionais fomentam um aumento no foco da resolução de problemas em ambientes áridos por meio de metodologias ativas da aprendizagem, que amalgamam as relações e as práticas profissionais de todos os atores educacionais. A indissociabilidade do trinômio axial reflete novas posturas organizacionais, práticas pedagógicas, êxito no planejamento e execução de projetos que tem o aluno no centro da aprendizagem, (re)posicionamentos identitários em termos de valores e posturas profissionais do docente. Ante as recorrentes dificuldades que a educação vem sofrendo percebemos que na Paraíba as condutas sinalizam um caminho profícuo para a formação cidadã do Século XXI. A mudança é contingente e dependente e os egressos do programa, enquanto agentes dessa mudança, traçam estratégias empoderadoras de ações perenes e sustentáveis abrangendo todo seu território.

Palavras-chave


Programa Gira Mundo; Formação Docente; Paraíba; Capacitação Internacional; Educação.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBERTI, Verena. Manual de História Oral. 3ª ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2005.

BHABHA, Homi. The location of culture. London/New York: Routledge, 1989.

FEITOSA, Elaine da Silva; SOUZA, Mayara Eufrasio de; SANTOS, Fernando Santiago dos; CONDE, Sandro José. Research learning by two classes of sixth-year students at EMEF Tetsu Chinone School in São Roque, SP. In: CUCHER, Mark (Ed.). Samba and sauna: the implementation of innovative participatory pedagogies by Brazilian educators. Tampere: Kirjapaino Hermes Oy, 2018.

COTRIM-GUIMARÃES, Iza Manuella Aires; OUVERNEY-KING, Jamylle Rebouças. Por dentro do sistema educacional finlandês: elementos para se repensar o ensino médio integrado no Brasil. In: ARAÚJO, Adilson Cesar; SILVA, Cláudio Nei Nascimento da (Org.). Ensino médio integrado no Brasil: fundamentos, práticas e desafios. Brasília: Ed. IFB, 2017. p. 54-70.

COSTA, Sérgio. Diferença e identidade: a crítica pós-estruturalista ao multiculturalismo. In: VIEIRA, Liszt (Org.). Identidade e globalização. Impasses e perspectivas da identidade e a diversidade cultural. Rio de Janeiro: Record, 2009. p. 33-86.

FERREIRA JR, Amarílio. "Ensino-aprendizagem". In: MILL, Daniel (Org.). Dicionário crítico de educação e tecnologias de educação a distância. Campinas, SP: Papirus, 2018.

HALL, Stuart. Ethnicity: identity and difference. Disponível em: . Acesso em: 29 maio 2013.

INEP. Formação de professores para educação profissional e tecnológica. Brasília: INEP, 2008. 304p.

PARAÍBA. CRIA: Programa de Educação Integral para o Ensino Fundamental é implantado na Paraíba. João Pessoa: SEECT, 2019. Disponível em: . Acesso em: 29 maio 2020.

PARAÍBA. Decreto 38.074/2018. Cria a Rede de Formação e Colaboração Gira Paraíba, para a formação continuada no âmbito da educação pública da Paraíba e dá outras providências. Disponível em:

PARLAMENTO PB. Escolas Cidadãs Integrais da Paraíba terão nova disciplina criada com universidade finlandesa. Parlamento PB, 10 jan. 2019. Disponível em: . Acesso em: 29 maio 2020.

RYMMIN, E.; KUNNARI, I.; D’ANDREA, A.F. Digital Solutions in Teacher Education enhance Wellbeing and Expertise. AMK-LEHTI/UAS JOURNAL, Journal of Finnish Universities of Applied Sciences, 2017. Disponível em:

. Acesso em: 29 dez. 2017.

SOFFEL, Jenny. What are the 21st-century skills every student needs? WEF, 10 mar. 2016. Disponível em: . Acesso em: 30 dez. 2017

TARDIF, Maurice; RAYMOND, Danielle. Saberes, tempo e aprendizagem do trabalho no magistério. Educação & Sociedade, Campinas, n. 73, p. 209-244, dez. 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-4467

 

Licença Creative Commons

Indexada em: