Por que falar sobre geografia da educação?

Marcus Vinicius Gomes, Enio Serra

Resumo


Trabalhos científicos que desenvolvem análises geográficas sobre fenômenos educacionais, embora presentes e em ascensão no Brasil, se encontram dispersos e com pouca visibilidade no cenário acadêmico tanto da ciência geográfica quanto das ciências da educação. Isso se deve, em grande parte, à considerável dificuldade em se encontrar publicações que sistematizem os resultados de pesquisas e estudos que podem ser identificados como pertencentes ao campo científico conhecido como Geografia da Educação. Bastante consolidada em outras regiões do globo, principalmente em países de língua inglesa, a Geografia da Educação vem mostrando grande potencial para uma melhor compreensão da educação brasileira em seus múltiplos aspectos, a ver pelas produções apresentadas em alguns eventos acadêmicos nos últimos anos. No entanto, em função do pouco reconhecimento do campo, ainda se tem dificuldade em identificar trabalhos que poderiam dialogar mais em termos de objeto de pesquisa, referenciais teóricos e questões metodológicas. Nesse sentido, o presente artigo indaga sobre a necessidade de se falar sobre a Geografia da Educação entre nós e traz como principal objetivo uma breve análise de suas origens e de suas principais características através de revisão de literatura da produção anglófona sobre o campo. Ao compreender melhor a formação do campo e tomá-lo como área de interface e diálogo entre a Geografia e a Educação, o texto conclui com novas indagações que podem contribuir tanto para uma melhor compreensão do que vem sendo produzindo no Brasil quanto para a instituição de uma agenda de pesquisas que tenha na Geografia da Educação sua principal referência.


Palavras-chave


Geografia da Educação; Análise Geográfica; Ciências da Educação; Pesquisa Científica.

Texto completo:

PDF

Referências


ARES, Nancy; BUENDÍA, Edward; HELFENBEIN, Robert. Deterritorializing / Reterritorializing: Critical Geography of Education Reform. Rotterdam / Boston / Taipei: Sense Publishers, 2017.

BARROS, Fábio Rodrigues; BERBAT, Marcio da Costa; SILVA, Pablo Jordão. Caminhos investigativos sobre os territórios da infância. Revista Tamoios, v. 11, n. 1, p. 131-153, 2015.

BITZI, Barbara, LANDOLT, Sara. Unaccompanied minor asylum seekers – processes of subject formation and feelings of belonging in the context of educational experiences in Switzerland. Geographica Helvetica, v. 72, n. 2, p. 217–226, 2017.

BONDI, Liz; MATTHEWS, Michael Hugh. Education and Society: Studies in the Politics, Sociology and Geography of Education. Londres / Nova Iorque: Routledge, 1988.

BOURDIEU, Pierre. Os usos sociais da ciência: por uma sociologia clínica do campo científico. São Paulo: EdUNESP, 2004.

BROCK, Colin. Geography of Education, space and location in the study of education. Londres: Bloomsbury Academic, 2016.

BROCK, Colin. The case for a geography of education. Thesis (Ph.D.)-University of Hull, Kingston upon Hull, 1992.

BROCK, Colin; SCHWARTZMAN, Simond. Os desafios da educação no Brasil. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2005.

BROCK, Colin; SYMACO, Lorraine. Space, place and scale in the study of education. New York: Routledge, 2016.

BROOKS, Rachel, BYFORD, Kate, SELA, Katherine. The Changing Role of Students Unions within Contemporary Higher Education. Journal of Education Policy, v. 30, n. 2. p. 165–181, 2005.

BUTLER, Tim; HAMNETT, Chris. The Geography of Education: Introduction. Urban Studies, v. 44, n. 7, p. 1161–1174, jun. 2007.

CARVALHO, Lorena Julieta. Crianças e criações: espacialidades e tecnologias em movimento. 105 f. Dissertação (Mestrado em Educação)-Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora/MG, 2016.

CAVALCANTI, Lana de S. O lugar como espacialidade na formação do professor de Geografia. Revista Brasileira de Educação em Geografia, v. 1, p. 1-18, 2011a.

______. ; MORAIS, E. M. B. de A cidade e seus sujeitos. Goiânia: Vieira, 2011b. p. 13-30.

COLLINS, Francis L.; KONG, Chong Ho. Globalising Higher Education and Cities in Asia and the Pacific. Asia Pacific Viewpoint, v. 55, n. 2, p. 127–131, 2014.

COSTA, Bruno Muniz Figueiredo. Crianças e suas geografias: processos de interação no meio técnico-científico-informacional. 179 f. Dissertação (Mestrado em Educação)-Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2010.

DISNEY, Tom. Geographies of Children and Childhood. In: Oxford Bibliographies. Oxford: Oxford University Press, 2018.

FERREIRA, Vanessa do R,; OLIVEIRA, Amurabi P. O ensino de sociologia como um campo (ou subcampo) científico. Acta Scientiarum. Maringá, v. 37, n. 1, p. 31-39, jan./jun. 2015.

FINDLAY, Allan; RUSSEL KING, Alexandra Stam; RUIZ-GELICES, Enric. Ever Reluctant Europeans: The Changing Geographies of UK Students Studying and Working Abroad. European Urban and Regional Studies, 13.4, p.291-318, 2006.

GIROTTO, Eduardo Donizetti. A dimensão espacial da escola pública: leituras sobre a reorganização da rede estadual de São Paulo. Revista Educação & Sociedade, v. 37, n. 137, p. 1121-1141, 2016.

______. A geografia da e na escola: construindo novas agendas de pesquisa e de lutas. Revista Estudos Geográficos, v. 16, n. 2, p. 156-175, 2018.

GOMES, Marcus Vinicius S. Para além dos muros da escola: caminhos para compreensão da educação na cidade. 110 f. Dissertação (Mestrado em Geografia)-Programa de Pós-Graduação em Geografia, UFRJ, 2013.

______. Geografias da Educação: em defesa de um subcampo e pela construção de um outro olhar para a educação escolar. 205 f. Exame de Qualificação (Doutorado em Geografia)-Programa de Pós-Graduação em Geografia, UFRJ, Rio de Janeiro, 2020.

GREGORY, Derek (et al.). The Dictionary of Human Geography. Oxford: Blackwell, 2009.

HATO, Julio Takahiro. Geografia da Educação. 141 f. Dissertação (Mestrado em Geografia)-Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

HOLTON, Mark. The Geographies of UK University Halls of Residence: Examining Students’ Embodiment of Social Capital. Children’s Geographies, v. 14, n. 1, p. 63-76, 2016.

HOPKINS, Peter. Towards Critical Geographies of the University Campus: Understanding the Contested Experiences of Muslim Students. Transactions of the Institute of British Geographers, v. 36, n. 1, p. 157–169, 2011.

HUANG, Shirlena; YEOH, Brenda S.A. Transnational Families and Their Children’s Education: China’s ‘Study Mothers’ in Singapore”. Global Networks, v. 5, n. 4, p. 379-400, 2005.

JÖNS, Heike. ‘Brain Circulation’ and transnational knowledge networks: studying long term effects of academic mobility to Germany, 1954–2000. Global Networks, v. 9, n. 3, p. 315–338, 2009.

JÖNS, Heike; HOYLER, Michael. Global Geographies of Higher Education: the perspective of World University Rankings. Geoforum, v. 46, p. 45–59, may 2013.

KATZ, Cindi. The Angel of Geography: Superman, Tiger Mother, Aspiration Management, and the Child as Waste. Progress in Human Geography, may 2017.

KRAFTL, Peter. Ecological architecture as performed art: Nant-y-Cwm Steiner School, Pembrokeshire. Social & Cultural Geography, v. 7, n. 6, p. 927–948, 2006.

______. Towards geographies of ‘alternative’ education: a case study of UK home schooling families. Transactions of the Institute of British Geographers, v. 38, n. 3, p. 436-450, 2013.

LAWN, Martin; FURLONG, Johan. The disciplines of education: their role in the future of education research. London/New York: Routledge, 2011.

LOPES, Jader Janer Moreira. Geografia das crianças, Geografia das infâncias: as contribuições da geografia para os estudos das crianças e suas infâncias. Revista Contexto & Educação, v. 23, n. 79, p. 65-82, 2008.

______. Geografia da infância: Contribuições aos estudos das crianças e suas infâncias. Revista de Educação Pública, v. 22, n. 49/1, p. 283-294, 2013.

LOPES, Jader Janer Moreira; FICHTNER, Bernd. O espaço da vida da criança: contribuições dos estudos de Marta Muchow às crianças e suas espacialidades. Revista de Educação Pública, v. 26, n. 63, p.755-774, 2017.

LOPES, Jader Janer Moreira; VASCONCELOS, Tânia. Geografia da infância: Territorialidades infantis. Currículo sem fronteiras. v. 6, n. 1, p. 103-127, 2006.

MARQUES, Roberto. A escola numa perspectiva espacial. 2007. 123 f. Dissertação (Mestrado em Educação)-Faculdade de Educação, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2007.

______. Os usos sociais do ensino de Geografia. Revista da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Geografia (Anpege), v. 15, n. 28, p. 175-195, set./dez. 2019.

McFARLANE, C. The city as a machine for learning. Transactions of RGE Institute of British Geographers, Royal Geographical Society, n. 36, p. 360- 376, 2011.

MITCHELL, Katharyne. Neoliberal governmentality in the European Union: education, training, and technologies of citizenship. Environment and Planning D: Society and Space, v. 24, n. 3, p. 389–407, 2006.

OLDS, Kris. Global Assemblage: Singapore, Foreign Universities, and the construction of a ‘Global Education Hub’. World Development, v. 35, n. 6, p. 959–975, 2007.

PANUTTO, Stéphanie Rodrigues; STRAFORINI, Rafael. Microterritórios em escolas públicas: (entre) discursos de alienação e subversão de jovens escolares. Boletim Campineiro de Geografia, v. 4, n. 3, p. 397-416, 2014.

PEREIRA, Elaine Aparecida T. O conceito de campo de Pierre Bourdieu: possibilidade de análise para pesquisas em história da educação brasileira. Revista Linhas, Florianópolis, v. 16, n. 32, p. 337-356, set./dez. 2015.

PHILLIPS, Richard. Space for curiosity. Progress in Human Geography, v. 38, n. 4, p. 493-512, 2014.

RAGHURAM, Parvati. Theorising the Spaces of Student Migration. Population, Space and Place, v. 19, n. 2, p.138–154, mar./apr. 2013.

RIBLER, Georg, BOSSEN, Andrea and BLASSE, Nina. School as space: spatial alterations, teaching, social motives, and practices. Studia paedagogica, v. 19, n. 4, 2014.

ROSA, Isaac Gabriel G. F. A Formação continuada de professores de geografia e o uso de geotecnologias: o caso do projeto “escolas do amanhã” da rede municipal de educação do Rio de Janeiro/RJ. 276 f. Tese (Doutorado em Geografia)-PPGG, UFRJ, Rio de Janeiro, 2014.

SERRA, Enio; VENTURA, Jaqueline; ALVARENGA, Marcia; REGUERA, Emilio. Interrogando o direito à educação: oferta e demanda por educação de jovens e adultos no estado do Rio de Janeiro. Revista Crítica Educativa, v. 3, n. 3, p. 25-41, 2017.

SILVA, Alexander Batista e. A geografia do espaço escolar: jovem-aluno, práticas espaciais e aprendizagem geográfica. 236 f. Tese (Doutorado em Geografia)-Instituto de Estudos Socioambientais, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.

TAYLOR, Chris. Towards a geography of education. special issue: the disciplines of education in the UK: confronting the crisis. In: LAWN, Martin; FURLONG, Johan. The disciplines of education: their role in the future of education research. London/New York: Routledge, 2011.

WATERS, Johanna L.; LEUNG, Maggi W. H. Domesticating transnational education: discourses of social value, self-worth and the institutionalisation of failure in ‘meritocratic’ Hong Kong. Transactions of the Institute of British Geographers, v. 42, n. 2, p. 233–245, 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/grgcp2.v6i12.2757

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-4467

 

Licença Creative Commons

Indexada em: