O CPII e a Rede de Monitoramento Ambiental: integração escola-comunidade na gestão do meio ambiente urbano

Fernanda de Oliveira Amante, Alexander Josef Sá Tobias da Costa

Resumo


O desenvolvimento urbano desordenado gera uma apropriação indevida do espaço físico, tornando muitas vezes as condições ambientais das cidades em um elemento segregador. Multiplicam-se os conflitos sociais que buscam melhores condições de vida, expressas nas disputas principalmente por parcelas mais vulneráveis da população. Os bairros da cidade do Rio de Janeiro merecem destaque pela problemática ambiental gerada a partir do processo de urbanização com transformações indevidas do ambiente construído sobre o meio físico natural, sujeitando os moradores a condições ambientais desfavoráveis.

Este trabalho estabelece por meio da construção coletiva – escola e comunidade - o objeto de observação urbana, formas de comunicação e armazenamento de dados para a construção do diagnóstico do meio ambiente urbano. Objetiva-se estimular a participação popular por intermédio da divulgação de problemas e soluções dos bairros do entorno do Colégio Pedro II Humaitá, dentro da perspectiva de desenvolvimento local integrado. Ao mesmo tempo busca implementar a escala de análise do bairro nos estudos de Geografia. Ao integrar a comunidade escolar, os alunos poderão aplicar seus conhecimentos sobre os elementos físicos e sociais da paisagem, as relações socioambientais urbanas, entre outros.

Foram realizadas diversas atividades com os alunos, dentro e fora do ambiente escolar: trabalhos de campo, trabalho estatístico de dados censitários (IBGE), produção de material audiovisual, entrevistas e construção de mapas. Isso de forma a incentivar a organização de uma rede onde atores sociais diversos, entre eles, os alunos do bairro, façam circular informações sobre estratégias, experiências e conceitos na gestão integrada do ambiente urbano.

 


Palavras-chave


Percepção Ambiental; Meio Ambiente Urbano; Ensino; Geografia; Desenvolvimento Local Integrado

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, M. de A. (Org.). Natureza e Sociedade no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Esportes, Departamento Geral de Documentação e Informação Cultural, Divisão de Editoração, 1992. 333 p.

AMAHU. Associação de Moradores e Amigos do Humaitá. Disponível em: http://www.hamau.com.br. Acesso em: 2 jul. 2014.

GALVÃO, M. do C. Focos sobre a questão ambiental no Rio de Janeiro. In: ABREU, M. de A. (Org.). Natureza e Sociedade no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Esportes, Departamento Geral de Documentação e Informação Cultural, Divisão de Editoração, 1992. p.13-26.

IBGE. Censo Demográfico 2010. Disponível em: http://portalgeo.rio.rj.gov.br/bairroscariocas/index_bairro.htm . Acesso em: 9 ago. 2013

MAYFIELD, R et al. Environmental, perception and behaviour. London: Oxford Press, 1972.

OKAMOTO, J. Percepção ambiental e comportamento. São Paulo: Plêiade, 1996. 200p.

OLIVEIRA, L. de. Percepção e representação do espaço geográfico. In: RIO, V. Del; OLIVEIRA, L. de. (Org.). Percepção ambiental - a experiência brasileira. São Paulo: Studio Nobel, 1999.

PEREIRA, T. Imaginário espacial e discurso: o caso das favelas cariocas e o discurso dos jornais. 2000. 223 f. Dissertação (Mestrado em Geografia)-Instituto de Geociências, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2000.

PIAGET, J. Seis estudos em psicologia. Lisboa: Labor, 1976. 116p.

POMPÍLIO, M. J. O homem e as inundações na bacia do Itajaí: uma contribuição aos estudos da geografia do comportamento e da percepção, na linha da percepção ambiental. 1990. 236 f. Tese (Doutorado em Geografia)–Instituto de Geociências, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1990.

RIO, V. Del; OLIVEIRA, L. de. (Org.). Percepção ambiental - a experiência brasileira. São Paulo: Studio Nobel, 1999.

SANTOS, A. M.; RIBEIRO, M. F.; COSTA, A. J. Desenvolvimento local e vulnerabilidade sócio ambiental. Boletim de Políticas Ambientais, IBASE, Rio de Janeiro. ano 7, n. 22. p. 6-10, dez. 1999.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-4467

 

Licença Creative Commons

Indexada em: