PROPOSTA DIDÁTICA DIFERENCIADA SOBRE DINÂMICA COM ÊNFASE EM EXPERIMENTOS E HISTÓRIA DA CIÊNCIA

Gedmar Santos Carvalho, Pierre Schwartz Augé

Resumo


O objetivo da presente pesquisa é investigar a potencialidade de uma proposta didática, baseada no uso de experimentos e na História da Ciência, para a aprendizagem dos princípios da dinâmica. A visão construtivista/humanista de Ausubel e Novak fundamenta a pesquisa. O produto foi aplicado em uma turma do 9º ano em uma escola pública de Macaé-RJ, segundo uma abordagem metodológica qualitativa, em específico, um estudo de caso. Os dados coletados permitem inferir um engajamento cognitivo satisfatório.

Palavras-chave


Ensino de Física, Experimentos, História da Ciência/Biografia

Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS

AUSUBEL, D. P. In defense of verbal learning. In: ANDERSON, Richard;

AUSUBEL, David (Ed.). Readings in the Psychology of Cognition. 1. ed. New York: Holt, Rinehart & Winston. P.87- 102. 1965.

BOAS, A. V. História da ciência e natureza da ciência: debates e consensos. Cad. Bras. Ens. Fís. v. 30, n. 2, p. 287-322, 2013.

BOGDAN, R.C.; BIKLEN, S.K. Dados Qualitativos. In: BOGDAN, R.C.;

BIKLEN, S.K. Investigação qualitativa em educação - uma introdução a teorias e aos métodos. Porto: Porto Editora, 1994. P.147- 202.

CARRASCOSA, J.; GIL-PÉREZ, D.; VILCHES, A. O Papel de la actividad experimental en la educación científica. Cad. Bras. Ens. Física, v.23, n.2, ago. 2006.

DIAS, M.; KEMPA, R. F. Los alumnos prefierem diferentes estrategias didácticas de la enseñanza de las ciencias en función de sus características motivacionales ,pp. 59-68, 1991.

ERTHAL, J. P. C.; LINHARES, M. P. História da ciência em sala de aula: o que tem aparecido em nossas revistas? Simpósio Nacional de Pesquisa em Educação e Ciências, Florianópolis, 2009.

GIL-PÉREZ, D. Três paradigmas básicos a la enseñanza de las ciências. Enseñanza de las Ciencias, 1983.

LABURU, C. E.; Fundamentos para um experimento cativante. Cad. Bras. Ens. Fís. v. 23, n. 3, dez. 2006.

MARTINS, R. A. Introdução. A história das ciências e seus usos na educação. Pp. xxi-xxxiv, In: Silva, Cibelle Celestino (ed). Estudos de história e filosofia das ciências: subsídios para aplicação no ensino. São Paulo: Livraria da Física, 2006.

MATTHEUS, M. R. História, filosofia e ensino de ciências: a tendência atual de reaproximação. Cad. Cat. Ens. Fís., v. 12, n. 3: p. 164-214, 1995.

MINTZES, J.; WANDERSEE, J.; NOVAK, J. Ensinando Ciência para a compreensão. Lisboa: Plátano Edições Técnicas, 2000.

MOREIRA, M. A. Teorias de Aprendizagem. São Paulo: E.P.U., 1999.

___________. Aprendizagem significativa: Um conceito subjacente. Aprendizagem significativa em revista/Meaningful learning review, VI (3), p. 25-46, 2011.

MOURA, M. A. Educação científica e cidadania: abordagens teóricas e metodológicas para a formação de pesquisadores juvenis. Maria Aparecida Moura (Org.). - Belo Horizonte: UFMG / PROEX, 2012.

NASCIMENTO, F.; FERNANDES, H. L.; MENDONÇA, V. M. O ensino de Ciências no Brasil: História, formação de professores e desafios atuais. Revista HISTEDBR on line, Campinas, n. 39, p. 225-249, set. 2010

POZO, J. I.; CRESPO, M. A. G. Aprender y enseñar ciencia. Del conocimiento cotidiano al conocimiento científico. Madrid: Morata, 2001.

POZO, J. I. Aprendizes e mestres. A nova cultura da aprendizagem. Trad. Ernani Rosa. Porto Alegre: Artmed, 2002.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/ceb.v4i2.2417

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2525-2879 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.