EDUCAÇÃO CIENTÍFICA MEDIADA POR FEIRA DE CIÊNCIAS NA EDUCAÇÃO BÁSICA – UM ENFOQUE CTSA

Chirlei de Fátima Rodrigues, Lucas Antonio Xavier, Henrique Alves Andrade, Sidnei Quezada Meireles Leite

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo analisar o projeto Feira de Ciências, desenvolvido em uma escola da rede estadual de educação básica, situada no município de Piúma, Espírito Santo, Brasil. O projeto figura como um tipo de metodologia capaz de potencializar a aprendizagem de conhecimentos na área das ciências, pois sua realização demanda a utilização e aplicação de uma diversidade de recursos que envolvem práticas de ensino diferenciadas, tais como, atividades investigativas, uso de método científico, atividades de pesquisa, exploração de recursos tecnológicos, entre outros. A experiência relatada se baseou na análise, de natureza qualitativa, de 209 projetos, tendo sido adotado, como parâmetro, a correlação entre os projetos desenvolvidos pelos alunos e as dimensões do enfoque Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente - CTSA. Após a análise verificou-se que, aproximadamente 13,9% dos projetos desenvolvidos contemplaram as quatro dimensões do enfoque, contribuindo, dessa forma, com o diálogo entre as diversas disciplinas componentes do currículo escolar, evidenciando a interdisciplinaridade, defendida no projeto político pedagógico da escola, e a perspectiva de uma educação reflexiva e crítica.

Palavras-chave


Educação em Ciências; Projeto Escolar; Enfoque CTSA; Práticas de Ensino; Feira de Ciências.

Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BARTHES, R. O Rumor da Língua. São Paulo: Brasiliense, 1988

ESPÍRITO SANTO (Estado). Currículo do Espírito Santo. Secretaria de Educação. Área de Conhecimento: Ciências da Natureza. Componente curricular – Ciências. V. 02. Vitória: SEDU, 2018.

LEITE, S. Q. M. (Org.). Práticas experimentais investigativas em ensino de ciências: caderno de experimentos de física, química e biologia - espaços de educação não formal – reflexões sobre o ensino de ciências. Vitória: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo, 2012.

MANCUSO, R.; FILHO, I. L. Feiras De Ciências No Brasil: uma trajetória de quatro décadas In: Programa Nacional de Apoio às Feiras de Ciências da Educação Básica. Fenaceb/Ministério da Educação, Secretaria da Educação Básica. Brasília, 2006.

MORIN, E. A cabeça bem-feita: repensar a reforma, reformar o pensamento -Edgar Morin: tradução Eloá Jacobina. – 8a Ed. - Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.

SANTOS, W. L. P. “Educação científica na perspectiva de letramento como prática social: funções, princípios e desafios”. Revista Brasileira de Educação, v. 12, n. 36, set./dez. pp. 474–550, 2007.

SANTOS, W. L. P.& SCHNETZLER, R. P. Educação em Química: compromisso com a cidadania. 4. ed. Ijuí: Unijuí, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/ceb.v4i1.2448

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2525-2879 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.