Por uma história complexa: análise histórico-arqueológica em sala de aula

Eduardo Borges de Carvalho Nogueira

Resumo


O presente artigo busca apresentar o quão imprescindível é a interdisciplinaridade no ensino de História. Refletindo sobre o exercício historiográfico, sobretudo quanto à análise de fontes, apresento brevemente as demandas e dificuldades presentes neste campo do conhecimento. Afinal, para acessarmos realidades pregressas, necessitamos de ferramentas suficientemente eficazes que permitam captar a complexidade da ação humana ao longo do tempo. Para tal, faz-se uso constante de paradigmas, conceitos e métodos de outros saberes na disciplina histórica, tais como da Antropologia, Economia e Sociologia. Assim, de modo a apresentar tal proceder na sala de aula, exponho relato a respeito de atividade executada neste ambiente: nela propus mesclar conhecimentos da História (sobretudo da corrente da Micro História italiana) e da Arqueologia, de modo a aprofundar o conhecimento discente a respeito de realidades tão distantes quanto as aqui analisadas.

Palavras-chave


História; Arqueologia; Ensino de História

Texto completo:

PDF

Referências


BASTOS, Mário Jorge da Motta. O poder nos tempos da peste (Portugal – séculos XIV/XVI). Niterói: EDUFF, 2009.

BICHO, Nuno Ferreira. Manual de Arqueologia Pré-Histórica. Lisboa: Edições 70, 2012.

DUBY, Georges. Guerreiros e Camponeses. Lisboa: Estampa, 1980

FUNARI, Pedro Paulo. Arqueologia. São Paulo: Contexto, 2003.

GINZBURG, Carlo. O queijo e os vermes. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

GINZBURG, Carlo. História Noturna. Decifrando o Sabá. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

GINZBURG, Carlo. Os andarilhos do bem. Feitiçaria e cultos agrários nos séculos XVI e XVII. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

Merovingian and Carolingian cemeteries in Noisy-le-Grand: 500 years of funeral practices. Institute National de Recherches Arqueologiques Préventives (INRAP) - www.inrap.fr, 2009.

ROJAS, Carlos Antonio Aguirre. Micro história italiana - Modo de uso. Londrina: EDUEL, 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/ceb.v1i1.707

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2525-2879 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.