NOVO ENSINO MÉDIO: CONTRADIÇÕES DE UM PROJETO EDUCACIONAL FLEXÍVEL E OS APRENDIZADOS DE UMA ESCOLA POLITÉCNICA DE TRABALHADORES TÉCNICOS EM SAÚDE

Ingrid D'avilla, Jonathan Ribeiro Farias de Moura, Rafael de Lima Bilio

Resumo


O artigo tem como objetivo discutir as contradições da contrarreforma do ensino médio com base nos aprendizados de uma escola pública que realiza a formação integral e politécnica de trabalhadores técnicos em saúde: a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz). Para tanto, recupera antecedentes do projeto educacional denominado de “novo ensino médio” e analisa criticamente as recomendações da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) a luz do referencial histórico-crítico.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.