A Educação Musical e principais legislações: de Villa-Lobos aos dias atuais

Silvia Garcia Sobreira

Resumo


Texto de cunho didático que busca traçar um panorama geral sobre os momentos mais significativos referentes ao ensino de música nas escolas de educação básica brasileira, a partir da legislação que causou maior impacto no ensino de música nas escolas.


Palavras-chave


educação musical; legislações sobre ensino de música; música na escola.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Decreto 19.890/1931. Dispõe sobre a organização do ensino secundário. Disponível em Acesso em 30 maio 2017.

______. Decreto 24.794/1934. Cria, no Ministério da Educação e Saúde Pública, sem aumento de despesa, a Inspetoria Geral do Ensino Emendativo, dispõe sôbre o Ensino do Canto Orfeônico, e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 30 maio 2017.

______. Lei 4.024 de 20 de dezembro de 1961. Fixa as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Disponível em Acesso em: 02 jun. 2017.

______. Parecer nº 383/1962. Documenta, nº 11, p. 49, 1963. Ministério da Educação e Cultura. Conselho Federal de Educação.

______. Parecer 540/77 Conselho Federal de Educação. Disponível em http://bibliotecadigital. .fgv.br/ojs/index.php/fe/article/view/60447/58704. Acesso em 03 ago 2017.

______. Lei 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Atualizada em março de 2017. Disponível em < http://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/529732/lei_de_diretrizes_e_bases_1ed.pdf?sequence=1> Acesso em 10 ago 2017.

______. Lei 11.768 de 18 de agosto de 2009. Disponível em < https://presrepublica.jusbrasil.com.br/legislacao/93321/lei-11769-08> Acesso em 27 set 2017.

______. Lei 13.278 de 2 de maio de 2016. Altera o § 6º do art. 26 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que fixa as diretrizes e bases da educação nacional, referente ao ensino da arte. Disponível em http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/2016/lei-13278-2-maio-2016-782978-publicacaooriginal-150222-pl.html Acesso em 22 ago 2017.

CHERNAVSKY , Analía. Um maestro no gabinete: Música e política no tempo de Villa-Lobos. 2003. Dissertação (Mestrado em História). Departamento de História do Instituto de Filosofias e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas, São Paulo.

FERNANDES, José Nunes. Oficinas de Música no Brasil. História e metodologia. Teresina: Fundação Cultural Monsenhor Chaves, 2000.

FUKS, R. O discurso do silêncio. Rio de Janeiro: Enelivros, 1991.

JARDIM, Vera Lúcia Gomes. Da arte à educação: a música nas escolas públicas 1838-1971. Tese (Doutorado em Educação-História, Política e Sociedade). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2008.

PAZ, Ermelinda. Heitor Villa-Lobos. O Educador. (Monografia premiada), Prêmio Grandes Educadores Brasileiros. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, 1988.

______. Pedagogia musical brasileira no século XX. Metodologias e tendências. Brasília: Musimed, 2ª ed. revista e aumentada, 2013.

PENNA, Maura. A dupla dimensão da política educacional e a música na escola: II- da legislação à prática Escolar. Revista da ABEM, Porto Alegre, v. 11, p. 7-16, set, 2004. Disponível em Acesso em 01. jun 2017.

PENNA, Maura. Música(s) e seu Ensino. Porto Alegre: Sulina, 2010, 2ª ed ampliada e revisada.

QUEIROZ, Luiz Ricardo Silva. Música na escola: aspectos históricos da legislação nacional e perspectivas atuais a partir da Lei 11. 769/2008. Revista da ABEM, Londrina, v. 20, n. 29, p.23-38, jul-dez. 2012. Disponível em . Acesso em: 30 maio 2017.

ROCHA, Inês de Almeida. Canções de Amigo: redes de sociabilidade na correspondência de Liddy Chiaffarelli Mignone para Mário de Andrade. Rio de Janeiro: Quartet: FAPERJ, 2012.

SANTOS, Regina Marcia Simão. Educação musical, educação artística, arte-educação e música na escola básica do Brasil: trajetórias de pensamento e prática. In: SANTOS, Regina Marcia Simão (Org.). Música, cultura e educação. Porto Alegre: Sulina, 2012, 2ª ed.

SOBREIRA, Silvia. Disciplinarização da Música e produção de sentidos sobre educação musical: investigando o papel da ABEM no contexto da Lei nº 11. 769/2008. Tese (Doutorado em Educação). Rio de Janeiro: UFRJ, Centro de Filosofia e Ciências

______. Reflexões sobre a obrigatoriedade da música nas escolas públicas. Revista da ABEM, Porto Alegre, v. 20, p. 45-52, i2008. Disponível em Acesso em 02 jun 2017.

VENTURA, Ricardo. O Instituto Villa-Lobos e a Música Popular. (2005). Disponível em: < http://brazilianmusic.com/articles/ventura-ivl.html>. Acesso em: 01 jun 2017.

VILLA-LOBOS, Heitor. A música nacionalista no governo Getúlio Vargas. Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP). Relatório para DIP [1942?].

______. Canto Orfeônico. 2º vol. Irmãos Vitale, 1951.

______. Texto não titulado. Programa do Projeto Canto Orfeônico feito em 1934 por Villa-Lobos. Departamento de Educação do Distrito Federal: Instituto de Pesquisas Educacionais. Edição revista e aumentada em 1937.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


      ISSN 2594-407X

 

                                       URL: https://cp2.g12.br/ojs/index.php/interludio

                                           email: interludiorevista@hotmail.com

 

                                     Publicação do Departamento de Educação Musical (DEM)

                                                         em parceria com 

                       Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura (PROPGPEC)

                                                   Pró-Reitoria de Ensino (PROEN)

                                                         

 Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.