O ENSINO DE FILOSOFIA COMO MICROPOLÍTICA DE COMBATE AO RACISMO

Adelcides Frutuoso

Resumo


Este trabalho tem como objetivo problematizar algumas práticas ligadas ao ensino de filosofia ao longo da história da educação no Brasil, relacionando essas práticas às questões raciais e suas implicações na configuração da sociedade brasileira. O processo de dar sentido ao mundo é uma prática social que faz parte da própria condição humana e se desenvolve por meio das relações que compõem o cotidiano. Dentre elas, estão as relações ocorridas no espaço escolar, pelo ensino de diferentes disciplinas, as quais são atravessadas por práticas discursivas construídas por uma multiplicidade de vozes. A análise do discurso de linha francesa apontou o caminho metodológico percorrido visando reconhecer a origem dessas “vozes” capazes de construir práticas discursivas que, por sua vez, se manifestam nas práticas sociais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2595-8682