Dispositivos móveis na Educação Básica

Elizabeth Paes, Mayara Nespoli

Resumo


Várias instâncias da sociedade vêm sofrendo transformações diretamente relacionadas à evolução das tecnologias digitais de informação e comunicação, inclusive a educação. É notório que a informatização estabelece um novo regime das representações de conhecimentos e mudanças vêm ocorrendo. Imersa no ciberespaço, a sociedade muda, e a escola precisa acompanhar este processo, reaprender a ser uma organização realmente significativa e inovadora. Com a chegada das novas tecnologias a escola deixou de ser a única detentora do saber, com isso é preciso pensar novas possibilidades de proporcionar a construção do conhecimento com o auxílio dos meios digitais, fazendo com que essas possibilidades se ampliem e se aproximem da realidade do aluno. A ação docente pode usar estes recursos e serviços a seu favor, a fim de tornar o processo de ensino-aprendizagem mais integrado e principalmente, inovador. Organizar esse processo pode não ser tarefa simples, há muitos desafios envolvidos, desde falta de estrutura física, pouco ou nenhum conhecimento acerca da utilização das tecnologias e ainda questões de rejeição por parte de professores que não são abertos a essas novas discussões. Para tanto, este trabalho apostou na criação de uma estratégia pedagógica fundamentada no uso de tecnologias digitais, através do uso de dispositivos móveis, neste caso o celular. Uma vez que o mesmo está presente no cotidiano do aluno, é preciso que se formulem estratégias para inseri-lo nas aulas tornando-as assim mais próximas da realidade dos estudantes e consequentemente despertando seu interesse. Sendo assim, pretendemos apontar contribuições do celular como ferramenta de apoio pedagógico.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição  4.0 Internacional.