CPII comemora 177 anos com inauguração do Teatro Bernardo Pereira de Vasconcelos

 

O 177º aniversário do Colégio Pedro II foi comemorado com muita música. A tradicional cerimônia foi renovada ao ser celebrada com a inauguração do Teatro Bernardo Pereira de Vasconcelos, no Complexo de Realengo. A festa reuniu alunos, ex-alunos, servidores e familiares, na manhã do dia 2 de dezembro.

 

A solenidade foi dividida em dois momentos, com a cerimônia de inauguração do teatro seguida de apresentações de grupos musicais no mais novo equipamento cultural do CPII. Na entrada do teatro, a Fanfarra do Campus Realengo II anunciou a entrada do Pelotão da Bandeira e executou os hinos Nacional Brasileiro e do Colégio Pedro II.

 


A tribuna de honra foi composta pelas alunas Maria Luísa de Araújo, Altina de Almeida David, pelo Reitor Oscar Halac, pela Ex-Reitora Pro Tempore, Vera Maria Rodrigues, o Reitor Substituto, Marcelos Caldeira, e o Diretor-Geral de Realengo II, Miguel Villardi

 

Durante a solenidade, o Reitor Oscar Halac destacou o empenho do professor Wilson Choeri em levar a excelência do Colégio Pedro II para os moradores da zona oeste do Rio de Janeiro e reiterou a importância da Ex-Reitora Pro Tempore, Vera Maria Rodrigues, responsável pela concretização deste desejo.  “É o dia em que se realizam pequenos desejos e sentimos vagarosas e silenciosas lembranças. Talvez este desejo tenha começado a ser talhado há 177 anos com Bernardo de Vasconcelos, que ansiava para o Pedro II ser um provedor de boa educação para as gerações mais novas. Lapidado por vários artesãos, nosso 2 de dezembro encontrou em Wilson Choeri a expansão que nos trouxe até a solenidade de hoje. Desde a inauguração deste campus, sonhava ele, de forma integrada, desenvolver ações no sentido de melhorar e tornar o mais humano possível o acesso de todas as famílias à Educação Básica de qualidade, pensando em estimular a permanência dos alunos na escola, além de promover as artes, a cultura e a pesquisa. Que os mais novos saibam o que este homem desejou quando planejou a realidade que temos hoje”, afirmou.

 

Já a professora Vera Maria recordou a história do Complexo de Realengo e também reiterou o papel crucial do professor Wilson Choeri na expansão do CPII. Ela ainda destacou a atuação do ex-aluno José Dias, professor da UFRJ e Uni-Rio, responsável pelo projeto do Teatro Bernardo Pereira de Vasconcelos. “Graças a seu talento excepcional podemos nos orgulhar de estarmos entregando à comunidade escolar este belíssimo teatro”. A Ex-Reitora Pro Tempore também falou sobre a enquete de escolha do nome do teatro e contou que ficou muito feliz com a escolha da comunidade escolar. “Criador do Colégio Pedro II, Bernardo de Vasconcelos merece ter seu nome gravado para sempre na memória da instituição. Faço questão de declarar que votei nele e fiz campanha!”.

 


Felipe César da Silva (sax), morador do entorno de Realengo, e o professor Leonardo Masquio tocaram "Sábado em Copacabana", de Dorival Caymmi

 

Miguel Villardi, diretor-geral do Campus Realengo II, lembrou o início das atividades do campus no ano de 2004 e seu crescimento ao longo destes 10 anos, sempre oferecendo atividades voltadas para a comunidade do entorno.  “Hoje inauguramos o teatro Bernardo Pereira de Vasconcelos e damos por encerrada a ocupação total de uma área de aproximadamente 45 mil m². Continuamos a mudar a visão que se tinha da zona oeste. Hoje esta região tem uma escola como o Pedro II e um teatro”, afirmou ressaltando o desejo de Wilson Choeri de levar cultura para a zona oeste do Rio.

 

A inauguração do teatro aconteceu com o corte da fita feito pelas alunas Altina de Almeida David, do curso Técnico em Administração do Proeja, e Maria Luísa de Araújo, do Grupamento I da Educação Infantil.

 

A festa prosseguiu no teatro com apresentações de alunos do III Grupamento da Educação Infantil, que emocionaram ao cantar o Hino da Educação Infantil do CPII, produzido pelos professores Vastí e Ronaldo; do Coral do Campus Realengo I; dos professores Roberto Stepheson e Daniel Costa; de Felipe César da Silva acompanhado do professor Leonardo Masquio; da Orquestra de Flautas do Campus Realengo II e do Coral do Campus Realengo II.

 

 

 

Coordenadoria de Comunicação Social

 

Acessos Hoje:10210  Total Acessos:26219607