Ministra da Igualdade Racial elogia Neab durante o Copene Sudeste


Alessandra Pio, coordenadora do Neab, ministra Nilma Lino Gomes e assessor especial do Ministério da Igualdade Racial, Roberto Borges

 

O Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros do Colégio Pedro II (Neab) foi parabenizado pela Ministra da Igualdade Racial, Nilma Lino Gomes, pelas ações já engendradas em pouco mais de um ano de existência e pelo ativismo nas redes sociais, espaços onde divulga conhecimento para mais de dois mil seguidores.


A menção da ministra aconteceu durante a realização do I Congresso de Pesquisadores Negros do Sudeste (Copene), realizado no Instituto Multidisciplinar de Nova Iguaçu (IFRRJ), entre os dias 6 e 8 de agosto. O Neab participou da comissão organizadora do evento que debateu, entre outras questões,  as relações étnico-raciais vivenciadas no cotidiano escolar.


Segundo a coordenadora do Neab, Alessandra Pio, o evento foi um sucesso. "Não só no que tange à inserção da temática da Educação Básica no contexto dos Neabs de todo o Brasil, como já havíamos começado no ano anterior, mas também no que diz respeito ao debate sobre as questões vivenciadas por nós cotidianamente na escola", ressaltou.


O Neab propôs o Grupo de Trabalho da Educação Básica, que contou com o maior número de inscrições para apresentação de pôsteres e comunicações. "Ampliamos  as discussões, deixando evidente que o ensino superior não pode ser o espaço privilegiado de debates e ações sobre a questão étnico-racial", informou Alessandra Pio, ressaltando que, além do Neab, representantes de outros grupos de pesquisa do CPII também apresentaram trabalhos no GT.


Alessandra Pio disse ainda que o Neab solicitou levar essa discussão sobre a Educação Básica também para o Copene Nacional, que acontece em 2016,  no Mato Grosso do Sul.


 

Grupo FormAÇÃO participa do I Congresso de Pesquisadores Negros da Região Sudeste

 

 



 

 

Coordenadoria de Comunicação Social 

 

 

 

Acessos Hoje:551  Total Acessos:1969676