Humaitá II inicia mais uma edição do Curso de Esperanto e Pandeiro

 

 

 

No dia 24 de abril começa no Campus Humaitá II mais uma edição do curso de Esperanto e Pandeiro, oferecido pelo professor de Física Filipe de Moraes. O curso será realizado toda terça-feira, em dois horários: 8h30 às 10h e 14h30 às 16h, na Midiateca, 1º andar.

 

O público-alvo são os alunos, professores e técnicos administrativos interessados em aprender a língua universal Esperanto (ler, escrever e falar) e tocar diversos ritmos no pandeiro: samba, forró, rock, jazz, funk. “Além de entender os princípios físicos da produção sonora do instrumento”, explicou Filipe.

 

Livro

 

Filipe conta que iniciou o curso de Esperanto no Campus Humaitá II em 2006 e, dois anos depois, o de pandeiro. A ideia de unir duas técnicas distintas, segundo o professor, surgiu com a publicação de um livro de sua autoria sobre pandeiro escrito em Esperanto. “Então, para ler o livro, o interessado tinha de aprender antes essa língua”, ressaltou.

 

Filipe garante que o Esperanto não é uma língua difícil de se aprender. “Se o aluno tiver dedicação, em um mês já estará falando a língua universal”, assegurou. Quanto ao pandeiro, é preciso mais tempo para começar a tocar o instrumento. “Uns dois anos, pelo menos, mas com dedicação também”, aconselhou.

 

O curso será realizado durante o ano letivo de 2018. As inscrições podem ser feitas no local, no primeiro dia de aula. Serão oferecidas 20 vagas.

 

 

Assessoria de Comunicação Social

Setor de Comunicação Social do Campus Humaitá II

Acessos Hoje:7950  Total Acessos:2493304