Realengo I inaugura Biblioteca Escolar Liga da Leitura

 

Após um trabalho que envolveu toda a comunidade escolar, no dia 25 de maio, o Campus Realengo I inaugurou a Biblioteca Escolar Liga da Leitura. A escolha do nome da biblioteca envolveu o corpo discente, docente, funcionários e terceirizados. Primeiramente, cada turma escolheu apenas um nome dentre os sugeridos com defesa pelos alunos durante as aulas de literatura; depois foi realizada uma votação entre todos os funcionários e, finalmente, os cinco nomes mais votados retornaram em nova e última eleição feita pelos alunos nas aulas de Informática Educativa.

 

Durante todo o dia, as turmas foram recebidas de vinte em vinte minutos para conhecer a nova biblioteca. Diante da importância do evento, uma turma de primeiro ano se arrumou para a inauguração com direito a gravatas borboleta e laços no cabelo, levando também a Aba, a boneca abayomi mascote da turma confeccionada pelo grupo. Os alunos do 4º ano vibraram ao saber que a estante de livros infanto-juvenis agora estava disponível. E na hora do almoço foi realizado um lanche coletivo com a participação de todos os funcionários.

 

Cartazes produzidos pelos alunos do 2º ano convidando a escola a participar do evento de inauguração foram fixados nos murais da escola. Convites também foram produzidos por algumas turmas chamando outras turmas para a inauguração. Nos dois meses de preparação, a expectativa era grande para saber o que estava acontecendo no espaço: janelas e portas ficaram fechadas durante todo o processo de reestruturação, contribuindo para deixar a inauguração ainda mais especial.

 

A iniciativa do Colégio Pedro II em reestruturar as salas de leitura em bibliotecas, surge em adequação à Lei 12.244 (universalização das bibliotecas escolares) que diz que "toda instituição de educação deve possuir uma biblioteca”. O termo biblioteca, em lei, remete à presença do profissional bibliotecário e a alguns parâmetros que regulam sobre o exercício da profissão. A reestruturação  é uma meta da Seção de Bibliotecas e Salas de Leitura no Colégio Pedro II, coordenada pela bibliotecária Márcia Feijão.

 


Alunos aprovaram o novo espaço

 

Agora, no Campus Realengo I, há um profissional com habilitação na área e atuando em tempo integral em parceria com os professores na dinamização do espaço. A sala ficou mais aconchegante e convidativa para a escolha dos títulos. Além de ser um espaço de leitura, também será de brincadeiras, com jogos educativos sendo disponibilizados.

 

“Atuar com incentivo a leitura, na primeira etapa de formação de leitores é essencial! E estimular a identificação de uso de fontes de informação também. Em se tratando do processo de ensino aprendizagem a biblioteca é estratégia essencial para a promoção da leitura/aprendizagem e trabalha em parceira com o professor neste processo”, relata a bibliotecária Cristiane Lopes.

 

Para a auxiliar de biblioteca do campus, Maria Clara, unir o trabalho pedagógico de incentivo a leitura e produção textual, que já era praticado pela coordenação de literatura com olhar biblioteconômico, trouxe mais autonomia para desenvolver e organizar o acervo de acordo com as necessidades do nosso público.

 


A equipe do campus prestigiou a inauguração

 

Com o olhar de um bibliotecário foi possível tornar o espaço mais funcional de acordo com as necessidades de seu público: layout com lugar para contação de histórias, uso das mesas, luminosidade, além de uma decoração mais aconchegante e atrativa com a inserção de jogos. Para o futuro há a necessidade de aumentar o espaço e o acervo e a perspectiva de muitos projetos serem realizados através de parcerias.

 

Desde o início, o projeto contou com o apoio da direção do campus, composta pelas professoras Eliza Lobato e Daniela Pereira, e pelo o auxiliar de biblioteca Thiago Amorim. "A inauguração do espaço vem ao encontro da concepção de educação que estamos desenvolvendo, juntamente com os demais profissionais que atuam no campus, pois entendemos que a formação do leitor é essencial para ampliar as diferentes possibilidades de aprendizagens e compreensão do mundo", afirmou a diretora-geral, Elisa Lobato.

 

 

 

Setor de Comunicação do Campus Realengo I

Assessoria de Comunicação Social

 

Acessos Hoje:21258  Total Acessos:5629342