4ª Jornada de SCII aborda sustentabilidade, acessibilidade e meio ambiente


Oficina “Agroecologia – Projeto CAAPII”

 

Nos dias 6 e 7 de novembro, aconteceu a 4ª Jornada Pedagógica do Campus São Cristóvão II, que abordou o tema “Ecologias: sustentabilidade, acessibilidade e meio ambiente”.  Objetivando incentivar a reflexão a respeito das diversas formas de abordagens do conceito “ecologia”, a partir, sobretudo, do ponto de vista humanista, o evento foi direcionado à comunidade escolar do Complexo de São Cristóvão e contou com uma vasta programação, abrangendo os turnos da manhã e da tarde.

 

O Teatro Mário Lago foi o local de abertura da jornada, que no turno da manhã, ficou por conta da apresentação da peça “Aquele que diz sim, aquele que diz não”, com os alunos da turma de Teatro da professora Juliana Souza, e no turno da tarde, das apresentações de Dança “Como um Rio” e “Trenzinho Caipira”, com a turma de Dança da professora Erika Bianna.

 


Apresentação de dança "Como um Rio" e aluna Maria Eduarda Caetano (turma 604)

 

“Foi muito emocionante! Poder apresentar o que aprendemos durante as aulas para o público foi uma das coisas que mais gostei de fazer este ano!”, enfatiza a aluna de Dança, Maria Eduarda Caetano (turma 604).  

 

Durante o evento, foram oferecidas várias oficinas, ministradas pelos docentes do campus e convidados: “Xadrez: estratégia e jogo”; “Humanos e Direitos”; “Conscientização do corpo e do movimento na contemporaneidade”; “Modos de interagir com os valores e as referências afro-brasileiras”; “Agroecologia – Projeto CAAPII”; Artesanato; “Os heróis do meio ambiente”; “Pensando fora da Caixa”; “Façamos mágica: tornemos o mundo um só”; “Corpo Crítico” e “Jogos Matemáticos: aprendizado e diversão”.

 

Os “Torneios Integração”, no Complexo Poliesportivo, agitaram aqueles que gostam de suar a camisa com a equipe de Educação Física. O evento também contou com a “Mostra de Ciência com Arte”, um trabalho interdisciplinar de Ciências e Artes Visuais, que envolveu todas as turmas do 8º ano.

 

A equipe de Educação Musical deu um show com a “Mostra de estudantes em música”, e os diretores do campus, Bernardino Paiva Matos, William do Nascimento Carvalho e Adriane Gomes Farah, revelaram seus talentos musicais.

 

O Núcleo de Games, Atividades e Metodologia de Ensino (NuGame), sempre presente nas jornadas, trouxe as atividades “Jogando às cegas” e “Construindo novos mundos”.   

 

O Laboratório de Estudos em Educação e Diversidade (LEDi), promoveu a roda de conversa “Qual o papel das mulheres negras num mundo sustentável?”

 

Os diferenciais da quarta edição da jornada foram a III Feira de Ciências e a Festa Literária de SCII que, neste ano, integraram o evento, contribuindo ainda mais com a troca de conhecimentos e interação.

 

No segundo dia da jornada, teve mais dança, com os alunos da professora Erika Njaime, com as apresentações “Tango” e “Vem pra dança”, e teatro, com a turma da professora Juliana Souza, com a peça “Dizem que é amor”.

 


'Memenifesto', apresentação de memes sobre igualdade de gênero elaborados pelas turmas 502, 504 e 506

 

Alunos de São Cristóvão I, carinhosamente chamado de Pedrinho, marcaram presença com:  a exposição do mural "Do Valongo à Favela: o poder da criação", elaborado pelas turmas 505 e 507; o "Memenifesto", apresentação de memes sobre igualdade de gênero elaborados pelas turmas 502, 504 e 506; a mostra audiovisual integrada com Informática “Futebol é para todos... e todas!, produzida por alunos do 5º ano;  a apresentação de vídeos sobre conscientização dos direitos das crianças, a partir do livro “Mais respeito, eu sou criança”, de Pedro Bandeira e do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA); o SLAM - Recitação de poesias-manifesto sobre igualdade, pela turma 502 e a apresentação do e-book “Se a criança governasse o mundo”, com a participação da equipe de Informática e dos alunos das turmas 501 e 503.

 

A 4ª Jornada Pedagógica finalizou com maracatu, interpretado pela professora de Dança Tulani Pereira, que possibilitou a interação dos discentes com uma das representações do folclore brasileiro.

 


A aluna Stefany Saldanha, da turma 608 e a oficina do NuGame

 

Para a aluna Stefany Saldanha, da turma 608, o tema da jornada foi perfeito. “É bem a cara da minha turma, porque o professor de Geografia fala muito sobre sustentabilidade, meio ambiente e o nosso planeta”, afirmou.

 

III Feira de Ciências de SCII 

Desde 2016, a equipe de Ciências do Campus São Cristóvão II vem promovendo Feiras de Ciências escolares com os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental.

 

As feiras representam uma oportunidade dos discentes da Educação Básica de terem experiências com a prática científica genuína. Juntando elementos de seleção de problemas, desenho experimental, implementação, análise e comunicação de descobertas de pesquisas, esta atividade pode servir como meio primário de introduzir e ensinar estudantes sobre como conduzir uma autêntica pesquisa científica.

 


Apresentações da Feira de Ciências

 

Em 2018, o projeto foi desenvolvido ao longo de todo o ano letivo. No primeiro trimestre, os alunos pesquisaram os temas a serem abordados e apresentaram os projetos por escrito, que foram discutidos com os professores em sala de aula. No segundo trimestre, desenvolveram seus projetos e fizeram apresentações para suas turmas, podendo praticar a comunicação de seus resultados e identificar, previamente, quaisquer problemas nos trabalhos. No terceiro trimestre, se deu a apresentação dos trabalhos durante a III Feira de Ciências do campus.

 

A equipe de Ciências teve como meta a integração entre alunos de diferentes faixas etárias e a promoção da cultura científica na escola. 

 

Festa Literária de São Cristóvão II

O evento elaborado pela equipe de Português de SCII promove e divulga ações culturais produzidas pelos discentes e/ou por convidados, objetivando, fundamentalmente, favorecer espaços de trocas de experiências entre alunos, escritores, artistas, divulgadores, contadores de histórias, responsáveis e servidores do campus. 

 

Este ano, a programação contou com várias atividades como o encontro com o escritor de literatura policial, Raphael Montes, autor do livro Dias Perfeitos; a Intervenção Itinerante com o cartunista Guidacci e a roda de conversa “Monteiro Lobato, racista?, com a professora de Literatura e mediadora do Clube do Livro do Instituto Cultural Freud (Rio de Janeiro - RJ), Debora Finamore. O evento também ofereceu diversas oficinas: Selfie é arte?”, “A história por trás da imagem – fotografia e narrativa, “Contos de fadas do século XXI”, “O que nasce da argila”, Contação de Histórias, “O corpo fala”; “Poesia e música”; “A arte da crônica”, entre outras.

 

 

 

 

Setor de Comunicação do Campus São Cristóvão II

Assessoria de Comunicação Social

 

Acessos Hoje:3867  Total Acessos:12722181