Eventos e Exposições 2015

X Mostra do Departamento de Desenho e Artes Visuais

A X Mostra do Departamento de Desenho e Artes Visuais abriu o calendário de exposições e eventos de 2015. A mostra, que aconteceu no período de 16 de março a 10 de abril, apresentou os fazeres e pensares sobre as múltiplas possibilidades do Desenho e das Artes Visuais em diferentes campi do Colégio Pedro II.

Através do trabalho dos alunos da escola, de diferentes idades, foi possível ver a sensibilidade singular de cada aluno, dando forma e acabamento às experiências vividas coletivamente.

X Mostra do Departamento de Desenho e Artes Visuais

X Mostra do Departamento de Desenho e Artes Visuais_1

Desfile das alunas do Projeto Moda e Arte, da professora de Artes Visuais, Gisela Viana

X Mostra do Departamento de Desenho e Artes Visuais_3

Mediação estética com professora de Artes Visuais Mônica Sica, da equipe do Espaço Cultural, durante visita da turma de São Cristóvão I, do professor de Artes Visuais Edvandro Sombrio.

X Mostra do Departamento de Desenho e Artes Visuais_4

Márcia Schiavo, professora de Artes Visuais da equipe do Espaço Cultural, realizando mediação estética com os alunos.

X Mostra do Departamento de Desenho e Artes Visuais_2

Eloísa Sabóia, Diretora de Culturas, e professores do Departamento de Desenho e Artes Visuais na abertura da exposição

Exposição Escola de Samba, Escola de Vida

A Exposição Escola de Samba, Escola de Vida, realizada no período de 05 a 20 de maio, apresentou as obras do fotógrafo Wellington Jorge. Além de fotografias, resultado dos 31 anos de cobertura fotográfica da Sapucaí, a exposição apresentou também fantasias, instrumentos e bonecas que representam os diversos segmentos de uma escola de samba.

 A abertura da exposição ocorreu no dia 4 de maio e contou com apresentação musical de integrantes do Grupo Aquilah, projeto de percussão feminina acompanhadas do intérprete de samba-enredo da União da Ilha, Ito Melodia. O evento contou também com a presença do reitor Oscar Halac, da pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura, Marcia Martins, da diretora de Culturas, Eloísa Saboia, além de servidores e alunos do CPII e convidados.

Exposição Escola de samba 1

Abertura da exposição com a presença do Reitor do Colégio Pedro II, professor Oscar Halac, do artista Wellington Jorge, da Diretora de Culturas, Eloísa Sabóia e Ito Melodia

Exposição Escola de samba 2

Ito Melodia, intérprete da União da Ilha, cantou para os convidados

Exposição Escola de samba 3

O Grupo Aquilah participou da abertura da exposição

Café Cultural

O Espaço Cultural do Colégio Pedro II promoveu no dia 27/5, o primeiro  Café Cultural do CPII, projeto tem como proposta  realizar encontros entre artistas e pesquisadores para uma troca de saberes entre os integrantes da comunidade escolar, tendo como inspiração as exposições em cartaz.

Neste primeiro encontro, dedicado ao tema do Carnaval, foram convidados o artista Wellington Jorge, autor da exposição “Escola de Samba, Escola de vida” e o artista e professor de Arte Popular da Uerj Luiz Felipe Ferreira, pesquisador e coordenador do Centro de Referência do Carnaval. Leia mais sobre o evento.

Café Cultural -Wellington Jorge

Fotógrafo Wellington Jorge, Diretora de Culturas Eloísa Sabóia e Professor Felipe Ferreira, da Uerj

Café Cultural -Wellington Jorge 2

Participantes do primeiro Café Cultural do CPII

Exposição Deslugar

A exposição Deslugar, realizada no período de 10 de junho a 03 de julho, apresentou as obras do arte-educador e artista plástico Pablo das Oliveiras, em que a poética do artista é construída a partir de apropriações de objetos cotidianos e ressignificações de seu lugar comum no mundo.

A Mostra deu continuidade a proposta iniciada com Desobjetos (2011) e fez refletir sobre a questão do descarte de objetos e sua reutilização artística.

Exposição Deslugar

Exposição Deslugar 1

Alunos visitaram a Exposição Deslugar

A abertura da exposição, realizada no dia 10 de junho, contou com a visita de alunos do 2º ano do Ensino Fundamental do Campus são Cristóvão I, que puderam conversar com o artista. O evento contou com a presença da professora de Educação Musical, Niágara Cruz  que realizou uma apresentação musical.

expo_deslugar3

Apresentação da professora de Educação Musical, Niágara Cruz na abertura da exposição

Exposição Deslugar 2

O artista Pablo das Oliveiras e alunos durante a abertura da exposição

Exposição Bordaduras Contemporâneas

A Exposição Bordaduras Contemporâneas, realizada no período de 10 a 11 de setembro, apresentou uma coletiva de artistas que tem o bordado como linguagem comum. Participam da Mostra os artistas Bruno de Oliveira, Victor Tozarin, Fernando Hermógenes, Maíra Vaz Valente e Lilian Soares, Mariana Guimarães e Letícia Teixeira, Marcela Carvalho e o coletivo Tramas do Porto.

Bruno de Oliveira e Victor Tozarin criam narrativas descoloniais a partir da paisagem. Fernando Hermógenes, Maíra Vaz Valente e Lilian Soares apresentam performances onde as linhas e as bordaduras se integram ao corpo. Mariana Guimarães e Letícia Teixeira criam diferentes instalações a partir de objetos bordados e entrelaçados por textos e memórias.

 Para dialogar com este grupo o Espaço Cultural convidou o coletivo Tramas do Porto que recria a iconografia da região portuária do Rio de Janeiro em tecidos bordados, e a designer Marcela Carvalho que cria ilustrações em agulha e linhas para contar histórias.

  As obras são construídas por deslocamentos de tempos e imaginários, para além do seu sentido decorativo. Cada um dos artistas recria a linguagem do bordado em integração às múltiplas linguagens contemporâneas, como performances, vídeos, objetos, ilustrações e cartografias.

Bordaduras ContemporâneasA abertura da exposição contou a performance “Principium”, da artista Lilian Soares e chamou a atenção do grupo de estudantes do 5º ano do Campus São Cristóvão I, que acompanhou a abertura. Durante a performance, a artista usou a costura para criar uma espécie de casulo, do qual se liberta, ao final.

Bordaduras Contemporâneas 1

Alunos do 5º ano acompanham performance de Lilian Soares na abertura da exposição

Bordaduras Contemporâneas 2

Alunas observam a exposição

 Bordaduras Contemporâneas 4

Alunos do projeto “CPII aberto à Terceira Idade” e alunos da Escola Municipal Friedrich visitaram a exposição.


Oficina com Tramas do Porto

Representantes do coletivo de mulheres bordadeiras Tramas do Porto realizaram, nesta sexta-feira, 28/8, oficina de Contação de Histórias para um grupo de alunos do 4º ano, do Campus São Cristóvão I.  As histórias bordadas foram narradas por Tia Lúcia, ilustre integrante do grupo que traduz em suas histórias seus saberes e memórias de vida, simbolizando a cultura afro-brasileira presente na região portuária do Rio de Janeiro.

Além de ouvir as histórias, os alunos participaram com colagens, pinturas e desenhos da criação de um trabalho coletivo que deverá ser exposto em breve, no Museu de Arte do Rio de Janeiro.

O projeto Tramas do Porto foi criado pela produtora cultural Silvania Lucia da Fonseca e tem por objetivo resgatar a história da região portuária do Rio a partir da arte do bordado. Parte do trabalho desenvolvido pelo projeto está em exposição na mostra coletiva Bordaduras Contemporâneas.

Bordaduras Contemporâneas 3

Contação de histórias com Tia Lúcia, integrante do Coletivo Tramas do Porto, abordando a história da Gamboa

Bordaduras Contemporâneas – performance “Inundação”

Nos dias 31 de agosto e 1º de setembro foi realizada no Espaço Cultural do Colégio Pedro II a performance “Inundação” com a artista Maíra Vaz Valente. O evento contou com a participação dos alunos dos Campi São Cristóvão I e Humaitá I e da Escola Olga Mitá, da Tijuca.

Durante a performance da artista, os alunos puderam perceber a importância da água para a própria sobrevivência. Após a performance, os alunos do Humaitá I fizeram um percurso estético no jardim do Espaço Cultural, procurando pelos “invisíveis”, em um diálogo com as obras de Victor Tozarin e Bruno Oliveira que fazem parte da exposição “ Bordaduras Contemporâneas”.

Bordaduras Contemporaneas_inundacao2

Alunos do CPII e da escola Olga Mitá durante performance com a artista Maíra Vaz Valente

 Café Cultural – ‘Bordaduras Contemporâneas’

A equipe do Espaço Cultural realizou, no dia 3 de setembro, no Hall do Espaço Cultural do Colégio Pedro II, um Café Cultural com os artistas da mostra Bordaduras Contemporâneas. O encontro foi dinamizado pela professora Claudia Santos e os artistas puderam falar sobre as obras expostas, as performances e suas investigações artísticas com alunos do 5ºano de São Cristóvão I e do Ensino Médio.

cafe_cultural_Bordaduras Contemporaneas

Performance interativa “Juntos vamos mais longe”

O artista, professor e pesquisador mineiro, Fernando Hermógenes, esteve no Espaço Cultural no dia 8/09, apresentando sua performance interativa “Juntos vamos mais longe”. Em diálogo com a exposição em cartaz “Bordaduras Contemporâneas”, sua obra propõe a criação coletiva de uma rede de tramas, integrando fios de tecidos no corpo e no espaço. O encontro foi promovido pelo Espaço Cultural.

Pela manhã, o artista recebeu duas turmas do Ensino Médio de São Cristóvão III e uma turma do 2º ano, de São Cristóvão I. Os alunos vivenciaram a experiência com a arte, a partir da interação com o outro e das provocações sensoriais apresentadas pelo artista. Durante a tarde, mais uma turma de São Cristóvão III foi recebida pelo artista e, como encerramento, os alunos do 6º ano de São Cristóvão II, também puderam participar da proposta.

perf_juntos vamos mais longe

Alunos participaram de performance interativa do artista Fernando Hermógenes

Lançamento do livro “Um Jardim Musical: a música na Educação Infantil Pré-Escolar”

No dia 27 de agosto aconteceu o lançamento do livro Um Jardim Musical: a música na Educação Infantil Pré-Escolar, de Marcia Victorio de Araujo, Coordenadora de Educação Musical do Campus Tijuca I do Colégio Pedro II.

O evento contou com roda de conversa com Marcia Victorino, além da apresentação musical dos ex-alunos do Colégio Pedro II, Felipe Marateo (flauta transversal) e Vicente Miranda (violão).

Um Jardim Musical_1

Marcia Vitorio, autora do livro e Coordenadora de Educação Musical do Colégio Pedro II.

Um Jardim Musical_2

Apresentação do ex-aluno do Colégio Pedro II, Felipe Marateo

Exposição Voo Duplo

O Espaço Cultural do CPII realizou a segunda mostra do projeto Professores, Poetas & Artistas, com a exposição Voo Duplo. O projeto, iniciado em 2014, tem como objetivo valorizar e divulgar trabalhos artísticos e culturais produzidos pela comunidade acadêmica e expô-los ao Colégio.

vooduplo

A exposição Voo Duplo reuniu fotografias da professora de Educação Musical, Mônica Leme, em parceria com a fotógrafa Flávia Costa e aquarelas da professora de Artes Visuais, Mônica Freitas. As fotógrafas percorreram ecossistemas do Brasil, mata Atlântica, cerrado e caatinga, registrando as composições que se formam com os coloridos dos pássaros integrados à natureza e criando suas obras.

Já a pintora Mônica Freitas é uma apaixonada e pesquisadora da aquarela. Inspira-se na arte oriental e sua pintura acontece como uma meditação, em que a artista busca a leveza e a movimentação gestual para dar forma ao seu fazer.

No dia 30/9 ocorreu a abertura da exposição Voo Duplo, o evento contou com apresentação das violoncelistas Mara Portela e Vanja Dee que tocaram músicas de Anita, Coldplay e Frank Sinatra. O evento foi acompanhado por turma de estudantes do 1º ano do Campus São Cristóvão I.

Voo Duplo_abertura 2

Turma de São Cristóvão I com o professor de artes Edvandro Sombrio e convidados na abertura da exposição Voo Duplo.

Voo Duplo_abertura 1

Vanja Dee e Mara Portela tocaram violoncelo na abertura da exposição

Voo Duplo_abertura 3

Artistas da mostra Voo Duplo, convidados e a equipe do Espaço Cultural na abertura da exposição.

Exposição Voo Duplo – Oficina de Aquarela

A artista plástica e professora de Artes Visuais, Mônica Freitas, ofereceu uma Oficina de Aquarela no dia 21 de outubro, no Colégio Pedro II, para um público variado.

Integrante da mostra VOO DUPLO, Mônica Freitas proporcionou aos inscritos uma vivência poética em aquarela, em que a tônica do trabalho foi a leveza e a transparência da pintura.

Participaram do encontro alunas do Colégio e suas mães, jovens das unidades São Cristóvão II e III, a diretora de Culturas, professora Eloísa Sabóia, as monitoras em Iniciação Artística, Andreza e Júlia, a estagiária Daniele Marie e a equipe do Espaço Cultural.

vooduplo5

Oficina de aquarela realizada pela artista Mônica Nogueira com alunos, professores e interessados

vooduplo4

Mediação estética com a turma 110, da professora Regina Colei, de São Cristóvão I, realizada pela professora de arte Maria Letícia Miranda

Exposição “Uma maneira singular de olhar o mundo”

Campus Realengo II recebeu até 2 de outubro o trabalho “Uma maneira singular de olhar o mundo”, do artista Marcelo Gomes. A exposição passou pelo Espaço Cultural do Colégio Pedro II em outubro de 2014 e reúne esculturas e painéis criados com ferro, concreto, mármore, argila e outros materiais. A exposição ficou aberta a visitações na Escola de Música do Colégio Pedro II.

Exposição_Marcelo Gomes

Exposição_Marcelo Gomes_ Campus Realengo

Abertura da Exposição no Campus Realengo 

Exposição “A Presença do Negro na Fotografia do Sec. XIX”

A mostra – que passou pelos Campi Realengo II, em novembro, e São Cristóvão II, em outubro –  teve como proposta resgatar a presença do negro na construção e no cotidiano do Brasil, por meio dos trabalhos do fotógrafo Marc Ferrez. Leia mais sobre o evento

A Presença do Negro na Fotografia do Sec. XIX_2

Mediação estética com a professora Mônica Sica, da equipe do Espaço Cultural, junto aos alunos de Realengo II, na abertura da exposição.

A Presença do Negro na Fotografia do Sec. XIX_1

Mediação estética com a professora Marcia Schiavo, da equipe do Espaço Cultural, junto aos alunos de Realengo II, na abertura da exposição