Eventos e Exposições 2019

Vozes e Silenciamentos 

A exposição Vozes e Silenciamentos, com aquarelas de Valquíria Cordeiro e fotografia de Alessandro Abdala, itinerou pela escola Música de Realengo, corredor da Propgpec e Hall de Exposições do Espaço Cultural do Colégio Pedro II. A exposição reuniu 16 mini aquarelas de Valquíria e 16 fotografias de Alessandro. A curadoria ficou a cargo da equipe do Espaço Cultural, com o apoio da Propgpec e do Campus Realengo. Leia mais sobre o evento

Vozes e Silenciamentos

A abertura foi marcada por apresentações artísticas realizadas pela Equipe do Espaço Cultural interagindo com a plateia, formada por alunos do Ensino Fundamental I. Leia mais sobre o evento

Vozes e Silenciamentos 1Vozes e Silenciamentos 2

Durante o período em que a exposição esteve montada em Realengo, a equipe do Espaço Cultural desenvolveu várias sessões de medições estéticas e culturais, com turmas de alunos do Ensino Fundamental I e da Educação Infantil, em que as obras foram lidas e conhecidas por meio de diferentes linguagens.

Vozes e Silenciamentos 3Vozes e Silenciamentos 4

A exposição também foi montada nos corredores da Propgpec e recebeu turmas no período de 12 de junho a 12 de julho.
Alunos do Curso de Especialização Saberes e Fazeres no Ensino de Artes Visuais também participaram, no dia 29 de junho, de mediação estética e cultural da exposição.

A abertura da exposição, nos corredores da Propgpec, foi realizada no dia 12 de junho, e contou com a participação dos alunos dos Curso de Extensão para a Terceira idade das Profas. Márcia Schiavo e Mônica Leme e alunos do PROEJA do Campus Tijuca, sob orientação da Profa. Dilma Mesquita. Os alunos realizaram performances musicais, poéticas e teatrais, transformando a abertura num momento cheio de arte e emoção. Leia mais sobre o evento

Vozes e Silenciamento - abertura Propgpec 1Vozes e Silenciamento - abertura Propgpec

A exposição Vozes e Silenciamentos, depois de passar pela escola de Música de Realengo e pelo corredor da Propgpec, continuou recebendo diversas turmas para mediação estética e artística, no Hall de Exposições do Espaço Cultural do Colégio Pedro II. Leia mais sobre o evento

Vozes e Silenciamentos - Espaço Cultural 1Vozes e Silenciamentos - Espaço Cultural 2Vozes e Silenciamentos - Espaço Cultural 3

Meu caro amigo Boal, cartas do exílio 

A exposição trouxe muitas imagens da trajetória artística e pessoal de Boal, além de inúmeras cartas, correspondências essas que o dramaturgo tinha com seus amigos e com personalidades ligadas à vida cultural brasileira. Através desses “encontros” entre amigos, através das correspondências, podemos conhecer detalhes de um tempo em que fazer teatro podia ser perigoso. Augusto Boal e sua família tiveram que sair do Brasil por causa da Ditadura Militar.

 

Através de documentário disponível no “cineminha” montado na exposição, pode-se assistir, por exemplo, o depoimento contundente de seu filho Fabian sobre o exílio forçado a que ele e sua família foram submetidos, em virtude do perigo de morte que corriam. Através desses relatos sabemos como isso foi marcante para a família de Boal e para todos os brasileiros que se opunham ao regime ditatorial. Além desse, podemos ver outros depoimentos de Chico Buarque, Fernanda Montenegro e da própria Cecília Boal.

Meu Caro Amigo Boal

A Exposição “Meu caro amigo Boal” foi inaugurada, no dia 9 de outubro, no Espaço Cultural do Colégio Pedro II e contou com a presença de Cecília Boal, esposa do famoso dramaturgo, e de seu filho Fabian, além da Pro-Reitora de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura, Profª. Marcia Oliveira, da Diretora de Culturas, Profª Eloísa Saboya, da Equipe do Espaço Cultural, Professoras Monica Sica, Dilma Mesquita, Marcia Schiavo, Maria Letícia Miranda e Mônica Leme. Tivemos ainda a presença da Profª Liza Brasil, que fez a ponte entre a família Boal e o CPII, permitindo que esse precioso material pudesse ser exposto no Espaço Cultural.

A abertura contou com participação ativa dos alunos do PROEJA, Campus Tijuca, e alunos do CAIS do Professor Andre Pires, Campus São Cristóvão, além de ex-alunos do CPII, o estudante de Teatro Rômulo Rodrigues e a ex-estagiária do Espaço Cultural, Ana Clara. Com orientação da Profª Dilma Mesquita, os alunos fizeram um exercício de Teatro Fórum, simulando uma viagem de trem da supervia. Com prticipação da dupla Ukulele Pandeiro Passion, da Profa. Mônica Leme e de Flavia Costa, que interpretaram “Oi o trem” de Raul Seixas, o exercício terminou em um cortejo ao som da marcha-rancho “Eu quero é botar meu bloco na rua” de Sérgio Sampaio. Leia mais sobre o evento

Meu Caro Amigo Boal - inauguração 1

Meu Caro Amigo Boal - inauguração 2Meu Caro Amigo Boal - inauguração

Oficina Teatro do Oprimido

Uma das atividades desenvolvidas durante a exposição foi uma oficina do Teatro do Oprimido, com Julian Boal, aberta a professores, alunos e à comunidade escolar.

O grupo teve contato com as bases da teoria do Teatro do Oprimido não só através de uma abordagem teórica, mas também através de exercícios do Teatro Fórum e outras propostas de jogos e debates. Julian Boal fez um importante relato de algumas vivências de seu pai, Augusto Boal, na itinerância de suas peças e projetos e também no seu período de exílio. Leia mais sobre o evento

Oficina Teatro do OprimidoOficina Teatro do Oprimido 1Oficina Teatro do Oprimido 2oficina teatro02

Café Cultural: conversa com Cecília Boal

Outra atividade desenvolvida, durante o período, foi o Café Cultural, realizado com a presença de Cecília Boal.

Café Cultural 1

O evento ocorreu no dia 13 de novembro, no Hall do Espaço Cultural.

Em uma conversa descontraída e cheia de relatos das vivências ao lado de Boal, Cecília conseguiu conectar a teoria do Teatro do Oprimido às questões contemporâneas, problematizando e abordando vários temas do interesse dos alunos e professores presentes, sempre dentro da ótica de formação do aluno cidadão.

Café Cultural 2Café Cultural 3

Oficina Teatro do  Oprimido para Professor

O terceiro evento realizado na exposição foi uma oficina de Teatro do  Oprimido para Professor, com os atores da Escola de Teatro Popular Thaís Paiva e Geo Brito. Foi uma excelente oportunidade para conhecermos melhor os exercícios e jogos do Teatro do Oprimido e suas muitas possibilidades de utilização em sala de aula. Professores de diferentes disciplinas do colégio que participaram da oficina realizada, junto às professoras do Espaço Cultural Dilma Mesquita e Maria Letícia Miranda.

Oficina Teatro do Oprimido para professor 1

Oficina Teatro do Oprimido para professor

Aniversário do Espaço Cultural

No dia 28 de novembro foi comemorado o aniversário de 20 anos do primeiro Espaço Cultural criado em uma escola pública de Ensino Básico na cidade do Rio de janeiro  – o Espaço Cultural do Colégio Pedro II. Durante toda a tarde, alunos, professores, servidores e convidados externos puderam apreciar diferentes apresentações artísticas, preparadas por docentes e discentes do Colégio.

Aniversário Espaço Cultural

O evento teve apresentações de alguns Projetos de Iniciação Artística e Cultural – “Sonoro CP2″, coordenado pelo Prof. Roberto Stepheson, com o apoio musical do Prof Maurício Durão e  Projeto “Coral de Libras”, coordenado pela servidora Vanessa Bartolo. Em seguida, apresentou-se o Coral da Terceira Idade, com o acompanhamento musical e coreográfico das professoras Mônica Leme e Márcia Schiavo. Alunos da Turma 406 do Campus São Cristóvão I apresentaram um lindo repertório na flauta doce, sob a regência do Prof. Samuel Andrade. E alunos da turma 306 do Campus São Cristóvão I, acompanhados pelas professoras Hebe Duarte e Aline Viégas, que estavam assistindo ao evento, também decidiram se apresentar, brindando os presentes com incríveis paródia e coreografia,inspiradas em música do Grupo QUEEN, ambas elaboradas pelos próprios estudantes, enfocando os direitos da mulher. Para encerrar, a Prof.ª Dilma Mesquita apresentou performance poética, acompanhada do ex-aluno Rômulo Rodrigues e do Grupo de Teatro DyoNises, que pesquisa e atua ,com arte e saúde mental. Leia mais sobre o evento

Espaço Cultural 20 anos (1)Espaço Cultural 20 anos (2)Espaço Cultural 20 anos (3)Espaço Cultural 20 anos (5)Espaço Cultural 20 anos (11)Espaço Cultural 20 anos (7)