O uso da realidade virtual na formação cidadã e aprendizagem significativa da geografia no Ensino Médio através do Projeto Nós Propomos UFRRJ Nova Iguaçu

Clézio Santos, Gláucio Fabilito Silva de Araújo, Hugo Junior Alves Pereira

Resumo


Analisamos o uso da realidade virtual na formação cidadã e aprendizagem significativa no ensino de geografia da escola pública da Baixada Fluminense por meio do projeto Nós Propomos UFRRJ Nova Iguaçu.  O ensino aqui investigado trata-se de um lugar chave no processo de construção de uma aprendizagem significativa na escola, em que os professores de geografia e alunos são os sujeitos. A metodologia está presa a uma abordagem qualitativa, envolvendo leitura de referencial teórico, realização de oficinas, uso da realidade virtual como recurso didático e trabalho de campo. A primeira parte do texto contextualiza o que é a realidade virtual e seu uso como recurso didático, na segunda parte, tece uma relação entre formação cidadã e aprendizagem significativa na escola. O texto finaliza, descrevendo uma das experiências do Nós Propomos UFRRJ Nova Iguaçu ocorrida em 2018. A associação entre realidade virtual, cidadania territorial e aprendizagem significativa nas aulas de geografia do ensino médio afirma a potencialidade desta proposta rumo a uma educação mais inclusiva na Baixada Fluminense.


Palavras-chave


Ensino de Geografia; Cidadania; Escola Pública; Baixada Fluminense; Realidade Virtual.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, G. F. S. Nós Propomos Nova Iguaçu: uma breve análise dos seus limites e potencialidades. 50 f. Monografia (Licenciatura em Geografia)-IM/UFRRJ, Nova Iguaçu, 2019.

AUSUBEL, D. P. Psicologia educativa: un punto de vista cognoscitivo. México: Trillas, 1978.

BAZOLLI, J. A. “Nós propomos”: multiplicidade de atores e diversidade na educação cidadã. In: BAZOLLI, J. A.; CLAUDINO, S.; SILVA, M. da V. C. e; VIANA, S. F. R.; SILVA, W. C. (Org.). A extensão universitária como indutora à cidadania: a experiência do “Nós propomos”. Palmas: EDUFT, 2017. p. 47-67.

BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais. Geografia. Brasília: MEC/SEF, 2002.

______. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC/SEF, 2017.

CAPEL, H. Filosofia y ciência em La geografia contemporânea. 3ª ed. Barcelona: Barcanova, 1988.

CARDOSO, A.; LAMOUNIER JÚNIOR, E.; KIRNER, C.; KELNER, J. Tecnologias e ferramentas para o desenvolvimento de sistemas de realidade virtual e aumentada (Livro pré-simpósio do SRV). Porto Alegre: SBC, 2007.

CAVALCANTI, L. S. Geografia e práticas de ensino. Goiânia: Alternativa, 2005.

______.; BUENO, M. A.; SOUZA, V. C. (Org.). Produção do conhecimento e Pesquisa no Ensino de Geografia. Goiânia: Editora da PUC Goiás, 2011.

CLAUDINO, S. Escola, educação geográfica e cidadania territorial. Scripta Nova: Revista Electrónica de Geografía y Ciencias sociales, Barcelona, v. 18, n. 496 (09), p. 1-10, dec. 2014.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia. 33ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 2006.

GONZÁLEZ, R. M.; DONERT, K. Introduction. In: GONZÁLEZ, R. M.; DONERT, K. Innovative Learning Geography in Europe: New Challenges for the 21st Century. Newcastle upon Tyne: Cambridge Scholars Publishing, 2014. p. 1-5.

KAERCHER, N. A. Desafios e Utopias no Ensino de Geografia. In: CASTROGIOVANNI, A. C.; CALLAI, H. C.; SCHÄFFER, N. O.; KAERCHER, N. A. (Org.) Geografia em sala de aula: práticas e reflexões. Porto Alegre: AGB - Seção Porto Alegre, 2003.

KIRNER, C. Historia da RV no Brasil: Ações. Retrieved, n. 14, March 2008. Disponível em: . Acesso em: 16 jul. 2019.

KIRNER, C. e SISCOUTTO, R. A. Fundamentos de realidade virtual e aumentada. In: KIRNER, C. e SISCOUTTO, R. A. (Org.) Realidade virtual e aumentada: conceitos, projeto e aplicações. Petrópolis, RJ: SBC, 2007.

LÉVY, P. O que é o virtual. São Paulo: 34, 1996.

IGU. Lucerne Declaration on Geographical Education for Sustainable Development. Lucerne: International Geographical Union Commission on Geographical Education, 2007.

MENDONÇA, S.; CLAUDINO, S. “Projeto “Nós Propomos!” uma rede crescente de cidadania territorial”. ENCONTRO NACIONAL DE GEÓGRAFOS. 18., São Luiz. Anais... São Luiz: UFMA, 2016. Disponível em: . Acesso em: 16 jul. 2019.

MORENO, O. Educación ambiental y educación para la ciudadanía desde una perspectiva planetaria. Estudio de experiencias educativas en Andalucía. 650 f. Tesis Doctoral, Área de Teoría e Historia de la Educación, Departamento de Educación y Psicología Social, Faculdad de Ciencias Sociales, Universidad Pablo de Olavide, Sevilla, 2013.

MOREIRA, M. A. Teorias de aprendizagem. São Paulo: EPU, 1999.

NUNES, C. de O. e ESPINOSA, L. M. Experiência do Nós propomos” no Centro de ensino médio Castro Alves In: BAZOLLI, J. A.; CLAUDINO, S.; SILVA, M. da V. C. e; VIANA, S. F. R.; SILVA, W. C. (Org.). A extensão universitária como indutora à cidadania: a experiência do Nós propomos”. Palmas: EDUFT, 2017. p. 29-46.

PONTUSCHKA, N. N.; PAGANELLI, T. I.; CACETE, N. H. Para ensinar e aprender Geografia. São Paulo: Cortez, 2007.

ROLDÃO, M. C. Gestão do currículo e avaliação de competências. Lisboa: Presença, 2003.

SANTOS, C. O. olhar da formação de professores de geografia a partir dos projetos educacionais nas metrópoles de São Paulo e do Rio de Janeiro. Caminhos de Geografia, v.14, n. 48, p.105-119, 2013.

SANTOS, J. C. F. dos. Aprendizagem significativa: modalidades de aprendizagem e o papel do professor. Porto Alegre: Mediação, 2008.

SILVA, F. B; MILIAN, L. B; QUADROS, D.E.G. Ecopontos como contribuição para a coleta seletiva em Ponta Grossa. 48 f. Trabalhos de Conclusão de Curso (Tecnólogo em Logística)-Instituição de Ensino Superior Sant’Ana, Ponta Grossa, 2016.

SOUZA, V. L. C. A. e LEITE, C. M. C. (Org.). Ensinar e Aprender Geografia por meio do Projeto Nós Propomos: Distrito Federal. Brasília: UnB, 2018.

OSHIMA, F. I. A realidade virtual na sala de aula. Disponível em: . Acesso em: 16 jul. 2019.

TAVARES, R. A. Animação Multimídia Instrucional em Realidade Virtual 360º. 139 f. Relatório Técnico (Mestrado Profissional em Design)-Universidade da Região de Joinville, Joinville, 2016.

VALENTE, P. V. e SANTOS, K. S. Realidade virtual e geografia: o caso do Google cardboard glasses para o ensino. Revista Tamoios, v. 11, n. 2, p. 137-148, jul./dez. 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/grgcp2.v6i11.2468

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-4467

 

Licença Creative Commons

Indexada em: