Geografia das desigualdades e seus reflexos no processo educacional: uma análise da cidade de Patos-PB na pandemia da Covid-19

Antonio Izidro Sobrinho, Marco Túlio Mendonça Diniz

Resumo


O Brasil é um país de elevada desigualdade social cujos efeitos afetam os diversos campos como a saúde, a segurança, a economia, mas também e, sobretudo, na educação que ficou evidente em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Diante disso, buscou-se analisar as condições socioeconômicas existentes entre alunos de duas escolas sendo uma privada e outra pública localizadas na cidade de Patos - PB. Realizou-se, portanto, uma pesquisa de bibliográfica e a aplicação de formulários de forma on-line a alunos destas duas instituições de ensino onde se constatou que os alunos da escola privada possuem melhores condições socioeconômicas e, consequentemente, melhores condições educacionais quando comparados aos alunos da escola pública. Para Santos (1982) o próprio Estado corrobora com a desigualdade social ao investir em grandes empresas, sobretudo, estrangeiras. De acordo com Carvalho et al. (2012) as desigualdades afetam as oportunidades e o estilo de vida das pessoas causando restrições a grande maioria destas. Conclui-se que as políticas educacionais são dependentes de políticas públicas eficientes e eficazes para, assim, promoverem uma aprendizagem de melhor qualidade, mas que atualmente elas não caminham unidas em busca destes resultados. 


Palavras-chave


Desigualdades Sociais; Desigualdades Educacionais; Escola Pública; Escola Privada; Pandemia.

Texto completo:

PDF

Referências


ARROYO, M. G. Políticas educacionais e desigualdades: À procura de novos significados. Educação e Sociedade, v. 31, n. 113, p. 1381–1416, 2010.

BRASIL. Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União. Brasília: DF, 1996.

CARVALHO, Ana Paula Comin de; SALANINI, Cristian Jobi; ALLEBRANDT, Débora; MEINERZ, Nádia Elisa; WEISHEIMER; Nilson. Desigualdade de gênero, raça e etnia. Curitiba: InterSaberes, 2012.

CONCEIÇÃO, V. L. DA; ZAMORA, M. H. R. N. Desigualdade social na escola TT- Social inequality in school. Estudos de Psicologia, Campinas, v. 32, n. 4, p. 705–714, 2015.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4ª ed. São Paulo: Atlas, 2002.

IDEB. Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. 2017. Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2020.

NERI, M.; SOARES, W. Social inequality and health in Brazil. Cadernos de saúde Pública, Ministério da Saúde, Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública, v. 18, p. 77–87, 2002.

SANTOS, Milton. Espaço e sociedade: ensaios. Petrópolis, RJ: Vozes, 1982.

SEABRA, T. Desigualdades escolares e desigualdades sociais. Sociologia, Problemas e Práticas, n. 59, p. 75-106, 2009.

PONTUSCHKA, Nídia Nacib; PAGANELLI, Tomoko Iyda; CACETE, Núria Hanglei. Para ensinar e aprender Geografia. 3ª ed. São Paulo: Cortez, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/grgcp2.v7i13.2505

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-4467

 

Licença Creative Commons

Indexada em: