A geografia escolar como mensageira da globalização em tempos de duas pandemias: a de Covid-19 e a de pós-verdade

José Renato Soares Pimenta

Resumo


O enfrentamento da pandemia de COVID-19 tem sido dificultado pelas consequências de uma “outra pandemia”, a da pós-verdade, geradora de desinformação que faz parte da população a descumprir normas de isolamento social. A Geografia produz, enquanto ciência humana, respostas aos questionamentos que emergem desse momento de crise civilizatória global, e a Geografia Escolar tem, enquanto disciplina curricular obrigatória, capilaridade junto à população para levar informações validadas cientificamente, que se contraponham às fake news características da Era da Pós-verdade. O aplicativo Whatsapp, um dos principais veículos de divulgação de notícias falsas, pode ser também uma importante ferramenta democrática de acesso à educação remota durante a quarentena, com alcance a mais pessoas do que qualquer plataforma EaD poderia almejar. Este trabalho busca situar a Geografia Escolar neste contexto através de uma proposta de aulas de Geografia assíncronas na modalidade remota emergencial via Whatsapp, originadas pela nossa experiência pedagógica no momento de quarentena, nas quais são correlacionados conteúdos sobre a pandemia e habilidades previstas na BNCC.


Palavras-chave


Geografia Escolar; Pandemia; Globalização; Pós-verdade; Whatsapp.

Texto completo:

PDF

Referências


BAUMAN, Zygmunt. Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001

BERMAN, Marshal. Tudo que é sólido desmancha no ar: a aventura da modernidade. São Paulo: Companhia de Letras, 1986.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Brasília: MEC/CONSED/UNDIME, 2017. Disponível em: . Acesso em: 27 maio 2020.

BRASIL. Lei n. 13834, de 04 de jun. de 2019. Crime de denunciação caluniosa com finalidade eleitoral. Brasília/DF, jun. 2019. Disponível em:. Acesso em: 27 maio 2020.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

CUETO, Marcos. O Covid-19 e as epidemias da Globalização. História Ciências Saúde - Manguinhos, 2020. Disponível em: . Acesso em: 27 maio 2020.

DUMONT, Gérard-François. Covid-19: fim da geografia da hipermobilidade? Espaço e Economia [online], v. 9, n. 18, p. 1-9, abr. 2020.

FÁBIO, André Cabette. O que é ‘pós-verdade’, a palavra do ano segundo a Universidade de Oxford. Nexo Jornal, 16 nov. 2016. Disponível em: . Acesso em: 24 maio 2020.

FUINI, Lucas. Globalização e seus aspectos geográficos: uma revisão bibliográfica. Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), Sobral/CE, v. 15, n. 1, p. 49-67, 2013.

GIL, Antônio. Como elaborar projetos de pesquisa. 4ª ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GOMES, Geovane. As condições estruturais da Era da Pós-verdade. In: ROIZ, Diogo; GOMES, Geovane; SANTANA, Isael. A (pós-) verdade em uma época de mutações civilizacionais. Serra/ES: Editora Milfontes, 2018. 385p. p.71-91.

HAESBAERT, Rogério. Desterritorialização sem limites: reflexões geográficas em tempos de pandemia (I). 2020a. Disponível em: http://agbcampinas.com.br/site/2020/rogerio-haesbaert-desterritorializacao-sem-limites-reflexoes-geograficas-em-tempos-de-pandemia-i/. Acesso em 26 maio 2020.

______. Entre a contenção e o confinamento dos corpos-território: reflexões geográficas em tempos de pandemia (II). 2020b. Disponível em: http://agbcampinas.com.br/site/2020/rogerio-haesbaert-entre-a-contencao-e-o-confinamento-dos-corpos-territorio-reflexoes-geograficas-em-tempos-de-pandemia-ii/. Acesso em: 26 maio 2020.

HANCOCK, Jaime Rubio. Dicionário Oxford dedica sua palavra do ano, ‘pós-verdade’, a Trump e Brexit. El País, 17 nov. 2016. Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2016/11/16/internacional/1479308638_931299.html. Acesso em: 24 maio 2020.

HARVEY, David. Condição Pós-Moderna. 17ª ed. São Paulo: Edições Loyola, 2008.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Sinopse Estatística da Educação Básica 2019. Brasília: INEP, 2020. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/sinopses-estatisticas-da-educacao-basica. Acesso em: 26 maio 2020.

MARS, Amanda. Como a desinformação influenciou nas eleições presidenciais?. El País, 25 fev. 2018. Disponível em: . Acesso em: 30 maio 2020.

NEVES, Karina. Os trabalhos de campo no ensino de Geografia: reflexões sobre a prática docente na educação básica. Ilhéus: EDITUS - Editora da UESC, 2015. 139p.

RIBEIRO, Wagner Costa. Globalização e geografia em Milton Santos. In: El ciudadano, la globalización y la geografía. Homenaje a Milton Santos. Scripta Nova. Revista electrónica de geografía y ciencias sociales, Universidad de Barcelona, vol. VI, núm. 124, 30 sep. 2002. Disponível em: . Acesso em: 27 maio 2020.

ROIZ, Diogo. Uma “era de pós-verdade”, ou a invenção de um novo inventário de mentiras? Os desafios da educação, a fragilidade dos direitos humanos e a manipulação da política: estudos introdutórios. In: ROIZ, Diogo; GOMES, Geovane; SANTANA, Isael. A (pós-) verdade em uma época de mutações civilizacionais. Serra/ES: Editora Milfontes, 2018. 385p. p. 25-55.

SANSÃO, Walter. O uso do aplicativo de comunicação WhatsApp em atendimento pedagógico hospitalar. 202 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Diversidade e Inclusão) –Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2018.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. 4ª ed. São Paulo: EDUSP, 2006. 258 p.

______. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. 6ª ed. Rio de Janeiro: Record, 2001. 236 p.

SHEPHERD, Marshall. Why Geography is a key-part of fighting the COVID-19 Coronavirus outbreak. Forbes, 5 mar. 2020. Disponível em: . Acesso em: 26 maio 2020.

SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão; GUIMARÃES, Raul Borges. Por que a circulação de pessoas tem peso na difusão da pandemia. Portal da UNESP, 26 mar. 2020. Disponível em: . Acesso em: 27 maio 2020.

STRAFORINI, Rafael. O ensino de Geografia como prática espacial de significação. Estudos Avançados, São Paulo, v. 32, n. 93, p. 175-195, maio/ago. 2018.

THIOLLENT, Michel. Metodologia da pesquisa-ação. 2ª ed. São Paulo: Cortez Editora, 1986.

TIMONER, Toni. Coronavirus: el fin de la globalizacion tal y como la conocemos. Letras Libres, 13 mar. 2020. Disponível em: . Acesso em: 27 maio 2020.

TOBIAS, Mirela. O fenômeno da pós-verdade no Facebook: análise das fake news relacionadas aos candidatos à presidência do Brasil no primeiro turno das eleições de 2018. 216 f. Dissertação (Mestrado em Gestão de Unidades de Informação)-Centro de Ciências Humanas e da Educação, Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2018.

VALENTE, Jonas. Usuários de smartphone devem atualizar WhatsApp, orienta empresa. Agência Brasil, 14 maio 2019. Disponível em:

s-de-smartphone-devem-atualizar-whatsapp-orienta-empresa>. Acesso em: 27 maio 2020.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/grgcp2.v7i13.2506

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-4467

 

Licença Creative Commons

Indexada em: