Imagem, hipertexto e aulas não lineares: dificuldades enfrentadas e possibilidades abertas para o ensino de Geografia durante o período de isolamento social

Renato Coimbra Frias

Resumo


O presente artigo cumpre um duplo objetivo. Em primeiro lugar, apresentar uma reflexão sobre as dificuldades enfrentadas com a adaptação repentina de um ensino presencial para o modelo à distância online, durante o período de confinamento provocado pela pandemia de COVID-19. Em segundo lugar, indicar a possibilidade de uma aula não linear favorecida pela utilização de ferramentas digitais e dos recursos de comunicação online. Para tais fins, realiza-se uma breve discussão sobre o papel da imagem nas aulas de Geografia e propõe-se a utilização do hipertexto como referência para a exploração de novos formatos de aula mais adequados ao modelo à distância online.


Palavras-chave


Geografia; Imagem; Hipertexto; Metodologia Ativa; Tecnologias Educacionais.

Texto completo:

PDF

Referências


COSGROVE, Denis. Geography & Vision: seeing, imagining and representing the world. London/New York: I.B. Tauris, 2012. 272p.

GOMES, Paulo. O lugar do olhar. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2013.

NOVAES, André. Uma Geografia Visual? Contribuições para o uso das imagens na difusão do conhecimento geográfico. Espaço & Cultura, UERJ, n. 30, p. 6-22, jul./dez. 2011.

ROSE, Gillian. Visual methodologies: an introduction to interpretation of visual materials. London: SAGE, 2000. 229p.

ROSE, Gillian. On the need to ask how, exactly, is geography “visual”? Antipode, v. 35, n. 2, p. 212–22, 2003.

SILVA, Marco; SANTOS, Edméa. Educação & Linguagem, v. 12, n. 19, p. 124-142, jan./jun. 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/grgcp2.v7i13.2578

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-4467

 

Licença Creative Commons

Indexada em: