Projeto Nós Propomos: breves considerações sobre o processo de revitalização do centro hitórico de João Pessoa-PB

Regina Celly Nogueira da Silva, Joazadaque Lucena Souza

Resumo


A presente experiência teve como objetivo analisar as formas através das quais o processo de revitalização do Centro Histórico de João Pessoa repercute na dinâmica socioespacial da área, bem como a interação dos elementos intervenientes na construção de sua realidade atual através do Projeto Nós Propomos. Da mesma maneira, é parte do nosso interesse a identificação dos tipos de políticas levadas a efeito pelo Estado da Paraíba a partir da década de 1980 até os dias atuais, juntamente com as ações postas em prática pelas representações de setores do poder econômico da nossa sociedade, no interesse de redimensionar a produção e a reprodução do mencionado espaço. Através do Projeto Nós Propomos, visamos analisar as contradições existentes entre o discurso oficial e a sua efetiva prática, nas ações direcionadas ao chamado processo de revitalização. Além disso, também nos propomos a examinar ações que solucionem os problemas da área e a conquista da mesma pelos moradores. Buscamos a identificação de como estes processos de intervenção urbana afetam diretamente a vida dos moradores locais do Porto do Capim, levando em consideração que estes moradores são ocupantes históricos deste lugar há 50 anos. 


Palavras-chave


Centro Histórico; Revitalização; Patrimônio; Memória; Projeto Nós Propomos.

Texto completo:

PDF

Referências


ARANTES, Otília. Uma estratégia fatal: a cultura nas novas gestões urbanas. In: ARANTES, Otília; VAINER, Carlos; MARICATO, Ermínia (Org.). A cidade do pensamento único: desmanchando consensos. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000. p. 11-74.

CARLOS, Ana Fani A. O espaço urbano: novos escritos sobre a cidade. São Paulo: Contexto, 2004.

CORDEIRO, Helena Kohn. O centro da metrópole paulistana: expansão recente. 184 f. Tese (Doutorado em Geografia)-Instituto de Geografia, Universidade de São Paulo. São Paulo, 1980.

FRÚGOLI JUNIOR, Heitor; SKLAIR, Jessica. O bairro da Luz em São Paulo: questões antropológicas sobre o fenômeno da gentrification. Cuadernos de Antropología Social, n. 30, p. 119-136, 2009.

GONÇALVES, Helena Tavares. O Porto e a Casa: Dinâmicas de transformação no uso dos espaços no centro histórico de João Pessoa. 179 f. Dissertação (Mestrado em Preservação do Patrimônio Cultural)-Programa de Pós-Graduação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Rio de Janeiro, 2014.

GONÇALVES, Regina Célia. A comunidade do Porto do Capim e a sua luta. Uma história de abandono e resistência no centro da capital paraibana. Brasil de Fato, João Pessoa, 02 abril 2019.

HARVEY, David. Condição Pós-Moderna. São Paulo: Edições Loyola, 1992.

LEITE, Rogério Proença de Sousa. Espaço Público e político dos lugares: usos do patrimônio cultural na reinvenção contemporânea do Recife Antigo. 399 f. Tese (Doutorado em Antropologia)-Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, UNICAMP, Campinas, 2001.

MAIA, Doralice Satyro. Tempos lentos na cidade: permanências e transformações dos costumes rurais em João Pessoa – PB. 364 f. Tese (Doutorado em Geografia Humana)-FFLCH, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.

MATTOS, Olgária. A cidade e o tempo: algumas reflexões sobre a função social das lembranças. Espaço e Debate, São Paulo, n. 7, l983.

RIGOL, Sergi Martinez I. A Gentrificação: conceito e Método. In: CARLOS, Ana Fani A, CARRERA, Carles. (Org.). Urbanização e Mundialização: estudos sobre a metrópole. São Paulo: Contexto, 2005.

ROBIRA, Rosa Tello. Planejamento Urbano: discurso anacrônico, práticas globalizadas. In: CARLOS, Ana Fani A; OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de. Geografia das Metrópoles. Contexto: São Paulo, 2013.

SANTOS, Milton. Circuitos espaciais da produção: um comentário. In: SOUZA, M. A. A; SANTOS, M. (Org.). A construção do espaço. São Paulo: Nobel, 1986. p. 121-134.

SILVA, Regina Celly N da. A revitalização do centro histórico de João Pessoa uma estratégia para a reprodução do capital. 312 f. Tese (Doutorado em Geografia Humana)- FFLCH, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016.

SMITH, Neil. A gentrificação generalizada: de uma anomalia local à “regeneração” urbana como estratégia urbana global. In: BIDOU-ZACHARIASEN, Catherine (Org.). De volta à cidade: dos processos de gentrificação às políticas de “revitalização” dos centros urbanos. São Paulo: Annablume, 2006.

VAINER, Carlos. Prática, empresa e mercadoria. Notas sobre a estratégia discursiva do Planejamento Estratégico Urbano. In: ARANTES, O.; VAINER, C.; MARICATO, E. (Org.). A cidade do pensamento único: desmanchando consensos. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

ZANCHETI, Silvio. Conservação Integrada e Novas Estratégias de Gestão. ENCONTRO DO SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE A REVITALIZAÇÃO DE CENTROS HISTÓRICOS DE CIDADES DA AMÉRICA LATINA E DO CARIBE. 4., Salvador. Anais... Salvador: SIRCHAL, 2000.

ZUKIN, Sharon. A apropriação do patrimônio urbano: do estético estilístico nacional ao consumo visual global. In: ARANTES, Antônio Augusto (Org.). O espaço da diferença. Campinas, SP: Papirus, 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/grgcp2.v6i11.2591

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-4467

 

Licença Creative Commons

Indexada em: