Maracanã: impressões e percepções dos alunos com deficiência visual do Instituto Benjamin Constant (IBC) durante visita guiada ao estádio

Fernando da Costa Ferreira, Luciana Maria Santos de Arruda, Robson Lopes de Freitas Junior

Resumo


Dotado de uma forte centralidade tanto física quanto simbólica, o estádio de futebol constitui-se num dos principais ícones arquitetônicos presentes no espaço urbano, fixo por onde circulam fluxos de pessoas, capitais e emoções. O presente relato de experiência tem como objetivo principal colher, por meio de questionários aplicados em sala de aula, as impressões e percepções dos alunos cegos e com baixa visão do Instituto Benjamin Constant, construídas a partir das informações a eles transmitidas durante as visitas guiadas ao Estádio do Maracanã realizadas durante o mês de março de 2014. A surpreendente procura por parte dos nossos educandos demonstra o fascínio exercido pela nossa principal praça de esportes mesmo entre aqueles que não se interessam pelo futebol.

Palavras-chave


Maracanã; Impressões; Percepções; Deficiência Visual; Estádio.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Benjamin Constant (IBC). Disponível em: . Acesso em: 30 jun. 2014.

MASCARENHAS, Gilmar. Entradas e bandeiras: a conquista do Brasil pelo futebol. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2014.

OCHAÍTA, Esperanza; ESPINOSA, Maria A.; Desenvolvimento e intervenção educativa nas crianças cegas ou deficientes visuais. In: COLL, César; MARCHESI, Álvaro; PALACIOS, Jesús (Org.). Desenvolvimento psicológico e educação: transtornos de desenvolvimento e necessidades educativas especiais. 2 ed. Porto Alegre: Artmed, 2004. v. 3, p. 151-170.




DOI: http://dx.doi.org/10.33025/grgcp2.v1i2.44

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-4467

 

Licença Creative Commons

Indexada em: