A geografia da natureza no ensino de geografia: propostas para a educação ambiental e preventiva de riscos naturais

Anice Esteves Afonso

Resumo


Este artigo contribui para a discussão sobre como a educação geográfica deve incluir os elementos físico-naturais nas análises espaciais. São apresentadas algumas concepções em torno do conceito de Natureza a fim de situar os discursos docentes em torno do tema, bem como justificativas para que o ensino da Geografia Física venha a convergir com a Educação Ambiental e para a prevenção de desastres naturais. A proposta de trabalhos de campo autônomos é apresentada como recurso pedagógico para levantamento de informações e aplicação de conhecimentos relacionados à Geografia Física nos locais próximos aos cotidianamente percorridos pelos discentes.

Palavras-chave


Ensino de Geografia Física; Educação Geográfica e Ambiental; Prevenção de Riscos Naturais

Texto completo:

PDF

Referências


ACSELRAD, H. Ambientalização das lutas sociais - o caso do movimento por justiça ambiental. Estudos Avançados, v. 24, n. 68, p. 103-119, 2010.

AFONSO, Anice E. Geomorfologia na formação de professores: estratégias docentes relacionadas à prevenção de desastres naturais. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE GEOMORFOLOGIA. 9.,2012, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: UFRJ, 2012. CD-ROM

________. Perspectivas e possibilidades do ensino e da aprendizagem em Geografia Física na Formação de Professores. 236 f. Tese (Doutorado em Geografia)-PPGG, UFRJ, Rio de Janeiro, 2015.

AFONSO, A.E.; ARAÚJO, J.; SILVA, J.; SILVA, A.; ROSA, A. Possibilidades para o ensino e aprendizagem em Geografia Física. In: ENCONTRO NACIONAL DE GEÓGRAFOS. 17., 2012, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: UFMG, 2012. CD-ROM

ARMOND, N.B. Contribuições à reflexão sobre a Geografia Física no Brasil: uma abordagem epistemológica. Viçosa. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA FÍSICA APLICADA. 13,. 2009, Viçosa. Anais... Viçosa: UFV, 2009. CD-ROM

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais. História e Geografia. Brasília: MEC, 1998.

CAPEL, H. Natureza e cultura nas origens da Geologia espanhola. GEOUSP, São Paulo, n. 19, p. 9-31. 2006.

CARVALHO, I. C. A invenção ecológica: narrativas e trajetórias da Educação Ambiental no Brasil. Porto Alegre: EdUFRGS, 2001. 229p.

CAVALCANTI, L. Cotidiano, Mediação Pedagógica e formação de conceitos: uma contribuição de Vygotsky ao ensino de Geografia. Caderno CEDES, Campinas, v. 25, n. 66, p. 185-207, maio/ago. 2005.

COMPIANI, M.; CARNEIRO, C. Os papéis didáticos das excursões geológicas. Enseñanza de las Ciencias de la Tierra, v. 1, n. 2, p. 90-98, 1993.

CUNHA, S. B. Canais Fluviais e a Questão Ambiental. In: CUNHA, S. B. & GUERRA, A. T. (Org.). A questão ambiental. 4ª ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2008.

DIEGUES, A. C. O mito moderno da natureza intocada. São Paulo: Hucitec, 1997.

LIMONAD, E. A natureza da questão ambiental contemporânea: subsídios para um debate. Geografias, Rev. do DGEO e do PPGG, IGC-UFMG, v. 3. n. 1, 2007.

MASSEY, D. Pelo espaço: uma nova política da espacialidade. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2008. 312p.

PONTUSCHKA, N. N.; PAGANELLI, T.; CACETE, N. H. Para ensinar e aprender Geografia. São Paulo: Cortez. 2007.

PORTO-GONÇALVES, C. W. A globalização da natureza e a natureza da globalização. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006. 461p.

ROSS, J. L. S. Ecogeografia do Brasil: subsídios para planejamento ambiental. São Paulo: Oficina de Textos, 2006.

SANTOS, M. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. 4a ed. São Paulo: EdUSP, 2002.

SANTOS, M. & SILVEIRA, M. L. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. Rio de Janeiro: Record. 2001.

SANTOS, V. M. N. Educar no ambiente: construção do olhar geográfico e cidadania. São Paulo: Annablume, 2011.

SCORTEGAGNA, A. & NEGRÃO, O. B. M. Trabalhos de campo na disciplina de Geologia Introdutória: a saída autônoma e seu papel didático. Terrae Didática, Campinas, v. 1, n. 1, p.36-43, 2005.

SCOTTO, G.; CARVALHO, I. C.; GUIMARÃES, L. B. Desenvolvimento Sustentável. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007.

SILVA, D. M. A Geografia que se ensina e a abordagem da natureza nos livros didáticos. 112 f. Dissertação (Mestrado em Geografia)-Programa de Pós-Graduação em Geografia, UFRGS, Porto Alegre, 2004.

SOUZA, V. C. A formação acadêmica do professor de Geografia: dimensões teóricas. In: CALLAI, H. C. (Org.) Educação geográfica: reflexão e prática. Ijuí: EdUnijuí. 2011. p.121-142

SUERTEGARAY, D. M. A.; BASSO, L. A.; VERDUM, R. Ambiente e lugar no Urbano. Porto Alegre: EdUFRGS, 2000.

VENTURI, L.A.B. Recurso Natural: a construção de um conceito. GEOUSP, n. 20, p. 09-17, 2006.

VIEIRA, V. T.; CUNHA, S. B. Mudanças na rede de drenagem urbana de Teresópolis (Rio de Janeiro). In: GUERRA, A. J. T & CUNHA, S. B. (Org.). Impactos Urbanos no Brasil. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001. p.111-145


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2358-4467

 

Licença Creative Commons

Indexada em: