GESTÃO ESCOLAR E A QUESTÃO DO CONSUMO DE DROGAS: O CASO DA EDUCAÇÃO DE ADULTOS NO COLÉGIO ESTADUAL DEPUTADO HERCULANO MENEZES

Rosana Corrêa Paim

Resumo


O presente trabalho tem como temática “A gestão escolar circunscrita ao âmbito do consumo de drogas, seus efeitos na educação de adultos na Bahia: estudo de caso no Colégio Estadual Nova de Sussuarana, hoje com o nome de Colégio Estadual Deputado Herculano Menezes”. Para atender o aprofundamento do tema, o estudo buscou identificar e analisar as ações da gestão escolar na escola de adultos, Colégio Estadual Herculano Menezes. A trajetória metodológica foi fundamentada na pesquisa qualitativa e quantitativa para adentrar no campo de estudo e identificar a multiplicidade e a subjetividade da realidade e das relações. Foram utilizadas como técnicas de coleta de dados: a observação, o questionário e a entrevista semiestruturada, com o objetivo de interpretar e concluir os dados obtidos. Estes dados foram coletados a partir das entrevistas realizadas com os alunos e a equipe gestora que trabalhou na instituição, e que confirmam a constatação de outros pesquisadores: a escola necessita educar para a prevenção, utilizando-se de ações pedagógicas que permeiem a abordagem educativa nesta temática. A presente pesquisa tem como enfoque, de maneira investigativa, mostrar as ações da gestão escolar diante da implantação de um projeto de prevenção do uso de drogas. Para tanto, busca-se fundamentar, através de revisão bibliográfica, com as contribuições das BNCC dos autores Paulo Freire, Miguel Arroio, José Carlos Libâneo e Moacyr Gadotti, paralelamente alinhados a uma pesquisa de campo a se realizar na unidade escolar mencionada, que atua na Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Palavras-chave


Drogas; Gestão; Educação de Jovens e Adultos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.33025/ceb.v5i4.3218

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2525-2879 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.