OS PROCESSOS DE IMPEACHMENT NA AMÉRICA LATINA: uma análise de O Globo e Carta Capital

Adjovanes T. S. de Almeida, Vitória T. L. da Silva Lima

Resumo


O presente artigo tem por objetivo chamar atenção para os recentes processos de rupturas políticas realizados na América Latina, em especial, os casos do Paraguai e do Brasil a partir da perspectiva midiática brasileira. Tais fatos abrem uma oportunidade significativa para o repensar não apenas sobre os aspectos institucionais de ambos os países, mas também para a construção de novos diálogos com os meios de comunicação. Para a atual análise, foram selecionados dois órgãos de imprensa brasileiros com abordagens diferentes acerca do cenário internacional latino americano: O Globo e Carta Capital nas versões eletrônicas entre os anos de 2012 e 2016.  Períodos marcados pelos eventos de impeachment, inicialmente, no Paraguai do presidente Fernando Lugo; em seguida, no Brasil, no segundo governo da presidenta Dilma Rousseff. Com relação a esses episódios, eles têm fomentado diversos debates e questionamentos políticos acerca dessa conjuntura vivenciada não apenas pelos dois países, mas também pela sobrevivência dos regimes formalmente democráticos latino-americanos. A partir desse cenário, será realizada uma análise a respeito das abordagens realizadas por ambos os periódicos no tocante a esses episódios políticos internacionais latinos. Na segunda parte, o artigo selecionou um conjunto de reportagens jornalísticas relacionadas aos eventos supramencionados através de um exame comparativo. E, por fim, discute-se a questão da relevância da disseminação informativa plural para uma compreensão ampla dos acontecimentos tanto nacionais quanto internacionais.

 

 

Palavras-chave


impeachment; mídia brasileira; governo Dilma Rousseff; governo Fernando Lugo.

Texto completo:

PDF

Referências


ARRAIS, Amauri. Não houve golpe, diz novo presidente do Paraguai após destituição de Lugo. In: O Globo, Rio de Janeiro, 2012. Disponível em: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2012/06/novo-presidente-do-paraguai-diz-que-buscara-reconhecimento-de-vizinhos.html. Acesso em: 03 out 2016.

CARTA, Mino. O golpe sem disfarces. In: Carta Capital, São Paulo, 2016. Disponível em: http://www.cartacapital.com.br/revista/903/o-golpe-sem-disfarces. Acesso em: 03 out 2016.

FONSECA, Francisco. Mídia, poder e democracia: teoria e práxis dos meios de comunicação. In: Revista Brasileira de Ciência Política, Brasília, n. 6, p. 41-69, jul/dez 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-33522011000200003. Acesso em: 03 out 2016.

MATOSO, Filipe. Dilma aponta “golpe em curso” e promete: “Jamais renunciarei”. In: O Globo, Rio de Janeiro, 2016. Disponível em: http://g1.globo.com/politica/noticia/2016/03/golpe-esta-em-curso-e-jamais-renunciarei-diz-dilma.html. Acesso em: 03 out 2016.

SERRANO, Pedro Estevam. Impeachment de Fernando Lugo foi, sim, um golpe. In: Carta Capital, São Paulo, 2012. Disponível em: http://www.cartacapital.com.br/internacional/impeachment-de-fernando-lugo-foi-sim-um-golpe . Acesso em: 03 out 2016.

SOARES, Gláucio Ary D. América Latina na Imprensa Brasileira. In: Opinião Pública. Campinas, v.10, n.1, p.63-90, 2004. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/op/v10n1/20315.pdf. Acesso em: 30 set 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.