ENSINANDO HISTÓRIA A CONTRAPELO: reflexões benjaminianas

Juliana Araujo Meato

Resumo


O objetivo da proposição deste trabalho é o de analisar as contribuições do filósofo Walter Benjamin a partir de “Suas Teses sobre a História” (1940) para se repensar o ensino de História atual. A partir da sua sugestão de “escovar a história a contrapelo”, encontramos uma chave analítica que propicia uma forma de enxergar a história a partir do ângulo dos excluídos, recusando a tradição dos vencedores. O presente trabalho também visa propor a utilização da ótica teórico-metodológica benjaminiana, aliada aos estudos de gênero, para a compreensão dos movimentos rurais e urbanos de resistência ao projeto modernizador da Primeira República.

Palavras-chave


Ensino de História. Estudos de Gênero. Tradição dos Oprimidos. Walter Benjamin.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.